ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Foto Discurso Direto
CHINA
2017-07-14
O mundo é pequeno, a China não

A minha mãe nasceu em Luanda, o meu pai em Coimbra e quis o destino que se conhecessem em Lisboa. Eu nasci em Mirandela, cresci em Chaves, estudei e trabalhei em Braga. Em 2013 mudei-me para Pequim, onde ainda vivo. Claramente raízes nunca foram o meu forte!

A minha história não é mirabolante e envolve estudos, trabalho, paixão por viajar e uma insatisfação voraz. Das aulas de gestão lembro-me que para sobreviver, as empresas não podem estagnar, têm de antecipar mudanças e correr riscos. O que nem sempre é óbvio é que as empresas são só pessoas, por isso, mercado, concorrência, valorização, branding, são aplicáveis a cada um de nós. Consciente do que viver numa aldeia global realmente significa, cedo percebi que para sermos melhores, temos que sair da nossa zona de conforto e de nos testarmos constantemente.

Para mim, traduziu-se numa mudança para a China, pois para além de todo o desafio que representa, sabia que seria uma excelente oportunidade para experienciar a cultura de um país tão rico e diferente. Aterrei em Pequim com um contrato de três meses, que no final passou a tempo indeterminado e assim se mantém.

E num país tão distinto, são mesmo as diferenças que motivam, por despertarem tanta curiosidade e desafio. Muitas são as histórias que se podem contar, algumas bem típicas da China, outras semelhantes a de muitos outros que saíram do país. Pequim ajusta o nosso sentido de escala, não só pela distância a que estamos de casa como pela vastidão da cidade. Milhões de pessoas circulam freneticamente, sem parar, num ambiente pulsante, vivo e caótico. Claro que os restantes cinco sentidos também sofrem as suas adaptações: cheiros, sabores, encontrões, buzinas estridentes e construções até perder de vista, tornam-se parte do dia-a-dia.

No fim do dia, sei que seremos sempre estrangeiros numa cidade que não é a nossa. A nossa cultura, a nossa língua, os nossos, estão onde os deixámos e até chegar a hora de voltarmos só podemos aproveitar!

 

- Mais histórias do Oriente, contadas em fotografias pelo Miguel Madeira, no seu site: www.curinga.net

 

OPINIÃO
A Lei da Nacionalidade
José Cesário
Deputado do PSD eleito pelo círculo da emigração
As remessas dos emigrantes
Daniel Bastos
Historiador
Estudar em Inglaterra é (excessivamente) caro... Será que vale a pena?
Catarina Demony
Co-Autora do projeto Little Portugal
DISCURSO DIRETO
Bélgica, país de contrastes onde adoram portugueses
Catarina Moleiro
BÉLGICA
O mundo é pequeno, a China não
Miguel Madeira
CHINA
Num ano em França, tudo mudou!
Rita Sarmento
FRANÇA
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ