ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Congresso da Educação Ambiental da CPLP é realização 'importante'
Revista PORT.COM • 17-Jul-2017
Congresso da Educação Ambiental da CPLP é realização 'importante'



A secretária de Estado portuguesa da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior considerou o IV Congresso Internacional da Educação Ambiental da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, cujos trabalhos arrancam segunda-feira, como 'uma realização imensa e muitíssimo importante'.

"Este quarto congresso é ainda mais importante porque reúne todos os países da CPLP numa homenagem conjunta ao Príncipe, a reserva da biosfera, é de facto um elogio à natureza e à sua preservação", disse Maria Fernanda Rollo, no final de uma audiência, na cidade de Santo António, com o presidente do Governo Regional, José Cassandra.

O IV Congresso Internacional da Educação Ambiental decorre entre hoje e quinta-feira na ilha do Príncipe, reserva mundial da biosfera, com a participação confirmada de 270 delegados, sendo 120 estrangeiros, 60 que se deslocam de São Tomé e os restantes da ilha do Príncipe.

Maria Fernanda Rollo lamenta que "nem sempre os contextos são favoráveis", sublinhando que "a intervenção do homem, os esforços que se faz para preservar a natureza, nem sempre é bem-sucedida".

"Estamos todos a viver períodos de riscos e de agressões à natureza e uma vez mais precisamos de ter consciência, de trabalhar e de estudar e de ter conhecimento no sentido de contribuir de facto para a preservação e sustentabilidade", explicou a secretária de Estado.

A governante referiu-se à necessidade de "consciencializar as pessoas e as sociedades" e apontou a reserva da biosfera da ilha do Príncipe como uma referência internacional, destacando a "necessidade contínua de aprendizagem".

Considerou ainda o IV Congresso como um espaço de debate e do diálogo sobre a natureza.

Elogiou "a forma como o Príncipe tem sido mantido" em matéria de preservação da natureza.

"Príncipe é uma reserva que é única, que neste momento tem um grau de integridade absolutamente notável e a resiliência e a coragem das pessoas que têm aí apostado e acreditado hoje em dia é muito importante", explicou.

"Uma coisa que se sente quando o visitamos, é que as pessoas percebem isso, as pessoas que aqui vivem sentem muito orgulho e há uma cumplicidade, uma solidariedade muito grande na preservação do que é o Príncipe", sublinhou.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Portugal hoje, um país que incentiva ao regresso
Paulo Pisco
Deputado do PS eleito pelos portugueses na Europa
De olhos postos em África com uma estratégia de futuro
Peter Dawson
Presidente do grupo Garland
Não há tempo para se perder tempo!
Vítor Ramalho
Secretário-Geral da UCCLA
DISCURSO DIRETO
O português que ajudou a 'erguer' as memórias do World Trade Center
Luís Mendes, arquiteto
ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA
«Mobilidade no espaço da lusofonia é um dos maiores desafios»
Teresa Ribeiro, SENEC
PORTUGAL
The last man on the moon
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ