ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Entrada de turistas portugueses em Cabo Verde diminuiu no 2.º trimestre
Revista PORT.COM • 18-Ago-2017
Entrada de turistas portugueses em Cabo Verde diminuiu no 2.º trimestre



As entradas de turistas portugueses em Cabo Verde diminuíram ligeiramente no segundo trimestre deste ano, em comparação com o período homólogo de 2016.

De acordo com os dados do Instituto Nacional de Estatísticas (INE) cabo-verdiano, Portugal foi o segundo mercado de onde saíram mais turistas para o arquipélago, com 11,4% do total, contra 11,9% do mesmo período do ano passado.

No segundo trimestre, o Reino Unido continuou a ser o principal mercado emissor de turistas para Cabo Verde, com 27,1%, mais do que os 22,9% no período homólogo.

Os turistas ingleses também foram os que permaneceram mais tempo no arquipélago, com uma estada média de 8,3 noites, uma diminuição, já que no período homólogo a média foi de 9,7 noites.

A Alemanha fecha o pódio da entrada de turistas em Cabo Verde, mas a sua contribuição diminuiu, passando de 11% no ano passado para 9,9% no segundo trimestre deste ano.

Os residentes em Cabo Verde totalizaram 7,2% das entradas e 3,2% das dormidas nos estabelecimentos hoteleiros do país, revelou o INE.

Segundo aquele instituto, de abril a junho os estabelecimentos hoteleiros cabo-verdianos acolheram cerca de 154 mil hóspedes, mais 15,9% do que no mesmo período do ano anterior (132 mil).

Em relação às dormidas, atingiram cerca de 988 mil no período em análise, correspondendo a um aumento de 13,7%, em relação ao período homólogo, que foi de cerca de 869 mil.

Relativamente ao tipo de estabelecimento, os hotéis continuaram a ser os mais procurados em Cabo Verde, com 87,5% do total de hóspedes e 91,1% das dormidas.

A ilha do Sal foi a que mais turistas recebeu, com 45,7%, uma ligeira diminuição em relação ao período homólogo, em que teve 46,6% do total das entradas no arquipélago.

Segue-se a ilha da Boavista, com 32,2%, um ligeiro aumento quando no ano passado nos segundos três meses do ano foi de 30,8%.

Santiago completa o pódio do total de entradas em Cabo Verde, este ano com 10,4% do total, uma diminuição em relação ao ano passado, que foi de 12,1%.

Foi no Sal que os turistas também dormiram mais noites, totalizando 51,5%, seguida da ilha da Boavista, (39,3%) e Santiago (3,5%).


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
A CPLP mais perto das pessoas
Francisco Ribeiro Telles
Secretário Executivo da CPLP
Gestão multicultural das equipas
António Cunha Meneses Abrantes
Professor Auxiliar na ICN Business School de Nancy
Já se ouve o Fado na Eslovénia
João Pita Costa
Editor da revista luso-eslovena Sardinha
DISCURSO DIRETO
Memórias e recordações da emigração portuguesa na Alemanha
Daniel Bastos
PORTUGAL
«Existe muita exploração laboral perpetrada por portugueses»
Luísa Semedo
FRANÇA
«Mercado chinês tem potencial para as empresas portuguesas»
José Augusto Duarte
CHINA
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ