ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

O conteúdo desta página só pode ser visualizado na vertical!


imagem
Revista PORT.COM • 28-Jan-2017
Empresa aeroespacial portuguesa participa na construção de satélite que estudará Júpiter



O aparelho demorará oito anos a chegar à órbita de Júpiter e será lançado pela missão JUICE da Agência Espacial Europeia.

A empresa aeroespacial Active Space Technologies vai construir o mecanismo de funcionamento da antena de um satélite europeu que irá estudar Júpiter, o maior planeta do Sistema Solar, e três das suas maiores luas.

A antena em causa, de média dimensão, a Medium Gain Antenna, funcionará como instrumento de radar e telemetria, permitindo a recolha de dados e a sua transmissão para Terra.

O engenho será fabricado pela empresa espanhola SENER, cabendo à Active Space Technologies assegurar o seu mecanismo de funcionamento, nomeadamente em termos de componentes eletrónicos.

O satélite, com data de lançamento marcada para 2022, irá estudar o 'gigante gasoso' Júpiter e as luas Europa, Ganimedes e Calisto, onde os cientistas pensam que possa existir água líquida (elemento fundamental para a vida) sob as crostas de gelo à superfície.

Durante três anos e meio, o satélite irá fazer observações detalhadas do planeta, em particular da sua atmosfera turbulenta, e das três luas, podendo vir a orbitar a Ganimedes, a maior e mais brilhante.

Júpiter é onze vezes maior do que a Terra e é composto, maioritariamente, por gás, como o Sol.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Por um Ministério das Comunidades Portuguesas
Daniel Bastos
Historiador
Pela valorização do ensino da história da emigração portuguesa
Paulo Prisco
Deputado do PS eleito pelas comunidades
A Lei da Nacionalidade
José Cesário
Deputado do PSD eleito pelo círculo da emigração
DISCURSO DIRETO
Bélgica, país de contrastes onde adoram portugueses
Catarina Moleiro
BÉLGICA
O mundo é pequeno, a China não
Miguel Madeira
CHINA
Num ano em França, tudo mudou!
Rita Sarmento
FRANÇA
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ