ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Empresa portuguesa Frotcom entra na gestão de frotas nos Estados Unidos
Revista PORT.COM • 14-Dez-2017
Empresa portuguesa Frotcom entra na gestão de frotas nos Estados Unidos



A empresa portuguesa Frotcom prevê aumentar a faturação para os 3,5 milhões de euros em 2017, ano da expansão para os Estados Unidos, o maior mercado mundial de sistemas de localização de frotas.

"Esta expansão [para os Estados Unidos] consolida a posição da Frotcom como um 'player' [ator] internacional na área da gestão de frotas", disse em comunicado Valério Marques, presidente-executivo da empresa fornecedora global de sistemas de localização de veículos e gestão de frotas.

Segundo o responsável, "esta expansão será operada localmente em parceria com a Frotcom USA, cujo profundo conhecimento do mercado será uma mais-valia para garantir o sucesso da mesma".

A empresa espera que já em 2018 os Estados Unidos representem entre 2% a 3% do volume de negócios, com tendência a aumentar de forma significativa nos anos seguintes.

Presente em mais de 30 países nos cinco continentes, a Frotcom prevê terminar 2017 com uma faturação total acima dos 3,5 milhões de euros, um crescimento de 10% em relação ao ano anterior, esperando que o volume de negócios global aumente a uma taxa média anual de 17,8% entre 2018 e 2021.

A entrada no mercado norte-americano permite tirar partido da mais recente alteração de regulação sobre condução de pesados, a qual passou a exigir que os camiões tenham um dispositivo eletrónico (Electronic Logging Device - ELD) que registe as horas de condução e de descanso dos camionistas.

Semelhante ao tacógrafo europeu, o ELD inclui dispositivos/tablets a bordo das viaturas, conectados ao sistema eletrónico dos veículos, que por sua vez disponibilizam 'online' informação relativa a localização e movimento.

Nos Estados Unidos, o registo dos tempos de condução e de descanso já era obrigatório, mas dependia inteiramente do motorista, que o fazia manualmente.

Esta mudança visou garantir que os condutores não passassem demasiadas horas ao volante, pondo em risco a sua segurança e a dos outros, ao mesmo tempo que reduz o trabalho burocrático que em média ocupava cerca de 15 minutos por dia a cada motorista.

O sistema Frotcom, cuja presença está consolidada em mais de 30 mercados, nomeadamente em Portugal, Itália, Espanha, Reino Unido, Roménia, Bulgária e na Grécia, tinha já a tecnologia agora exigida no mercado norte-americano e por isso pôde agora aproveitar esta oportunidade, lê-se no comunicado.

Ainda de acordo com Valério Marques, a Frotcom acumulou "uma vasta experiência" na gestão de frotas europeias ao longo dos últimos anos, o que permite agora "encarar com naturalidade" as necessidades da regulamentação norte-americana.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
As comunidades portuguesas e o desenvolvimento de Portugal
Berta Nunes
secretária de Estado das Comunidades
O desastre consular e o deputado das comunidades
José Cesário
, Deputado do PSD por Fora da Europa
A ameaça das Redes Sociais e a tomada de consciência
José Caria
Diretor-adjunto da PORT.COM
DISCURSO DIRETO
Mensagem de Natal
Marcelo Rebelo de Sousa, Presidente da República
PORTUGAL
O português que conquistou notoriedade na PGR do Brasil
Alcides Martins, PGR do Brasil
PORTUGAL
Sagres e Luso:Tradição e Modernidade
Nuno Pinto Magalhães
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ