ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

O conteúdo desta página só pode ser visualizado na vertical!


imagem
Revista PORT.COM • 07-Fev-2017
Embaixada de Portugal na Líbia não reúne condições de segurança



Além dos problemas de segurança, a Líbia atravessa outros graves problemas, principalmente de abastecimento de eletricidade (em algumas áreas os cortes ultrapassam as 18 horas), água e outros serviços básicos.

O ministro dos Negócios Estrangeiros disse, em Bruxelas, que o Governo tenciona reabrir a embaixada de Portugal na Líbia, mas considera que ainda não estão reunidas as condições de segurança, pelo que ainda não há uma data prevista.

Depois de, no domingo, o enviado especial das Nações Unidas para a Líbia, Martin Bobler, ter anunciado que a ONU vai regressar "muito em breve" a Trípoli e de ter pedido aos países europeus para fazer o mesmo e reabrirem as embaixadas nesta capital, Augusto Santos Silva indicou que, efetivamente, "o Governo português tem a intenção de reabrir a sua embaixada na Líbia logo que as condições o permitirem", o que considera não ser ainda o caso.

"Ainda não estão reunidas as condições de segurança e, portanto, a reabertura ainda não tem uma data prevista", declarou, numa conferência de imprensa após uma reunião dos chefes de diplomacia da UE.

Santos Silva lembrou que neste momento é o "embaixador em Tunes que ao mesmo tempo representa Portugal junto das autoridades líbias" e sublinhou os contributos de Portugal para o processo de estabilização na Líbia, levados a cabo no âmbito da União Europeia.

Numa entrevista concedida no domingo à agência EFE na capital da Tunísia, o enviado especial da ONU considerou que a reabertura das representações diplomáticas dos países europeus seria um gesto para as pessoas que sofrem e um sinal que contribuiria para incentivar o processo de paz e reconstrução.

No entanto, o diplomata alemão admitiu que existem problemas de segurança no país, onde não há uma autoridade policial unificada e a lei é imposta por milícias que controlam os seus distritos.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Por um Ministério das Comunidades Portuguesas
Daniel Bastos
Historiador
Pela valorização do ensino da história da emigração portuguesa
Paulo Prisco
Deputado do PS eleito pelas comunidades
A Lei da Nacionalidade
José Cesário
Deputado do PSD eleito pelo círculo da emigração
DISCURSO DIRETO
Bélgica, país de contrastes onde adoram portugueses
Catarina Moleiro
BÉLGICA
O mundo é pequeno, a China não
Miguel Madeira
CHINA
Num ano em França, tudo mudou!
Rita Sarmento
FRANÇA
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ