ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Professores de português da Galiza querem mais efetivos
Revista PORT.COM • 10-Fev-2017
Professores de português da Galiza querem mais efetivos



Mais de 1.700 pessoas estudam português nos centros do ensino secundário galegos e outras 1.100 nas Escolas Oficiais de Idiomas.

A Associação de Docentes de Português na Galiza pediu à Conselharia de Educação daquela comunidade autónoma de Espanha a abertura de vagas da especialidade de língua portuguesa no ensino secundário.

 “A inexistência de vagas da especialidade de português nos liceus galegos coloca numa constante e permanente situação de incerteza e precariedade todos os anos de trabalho, esforço e dedicação a favor da língua portuguesa”, refere a associação em comunicado.

A associação recorda a Lei Paz-Andrade, aprovada por unanimidade pelo parlamento galego, que estabelece a necessidade de "fomentar o ensino e aprendizagem do português" e que o Governo local se comprometeu a "incorporar progressivamente a aprendizagem da língua portuguesa nos centros de ensino da Comunidade Autónoma da Galiza".

"Estas mínimas razões, suficientes e de evidente importância, levam-nos a insistir mais uma vez na nossa petição à Conselharia da necessidade de convocarem vagas específicas de língua portuguesa no ensino secundário galego sem mais demora", conclui a Associação de Docentes de Português na Galiza.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Portugal hoje, um país que incentiva ao regresso
Paulo Pisco
Deputado do PS eleito pelos portugueses na Europa
De olhos postos em África com uma estratégia de futuro
Peter Dawson
Presidente do grupo Garland
Não há tempo para se perder tempo!
Vítor Ramalho
Secretário-Geral da UCCLA
DISCURSO DIRETO
O português que ajudou a 'erguer' as memórias do World Trade Center
Luís Mendes, arquiteto
ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA
«Mobilidade no espaço da lusofonia é um dos maiores desafios»
Teresa Ribeiro, SENEC
PORTUGAL
The last man on the moon
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ