ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Union Fraternelle, uma nova associação portuguesa de cariz filantrópico
Revista PORT.COM • 02-Abr-2017
Union Fraternelle, uma nova associação portuguesa de cariz filantrópico



A primeira iniciativa da organização luso-suíça passa por ir a África transmitir técnicas cirúrgicas para o tratamento e cura da doença elefantíase.

Elementos da comunidade portuguesa em Lausanne criaram recentemente uma nova associação luso-suíça. Numa nota enviada à PORT.COM, os responsáveis da Union Fraternelle indicam que “promover um conjunto de ações sociais, culturais e desportivas que aproximem os povos e reduzam as disparidades” são os principais objetivos desta nova organização. Para que tal aconteça, asseguram que entre os seus membros constam figuras com formação em diferentes áreas, como a medicina, assistência social, engenharia, educação física, direito, marketing e restauração.

Estas ações não se limitam ao interior das fronteiras do país helvético, como comprova uma das primeiras iniciativas que está a ser organizada: “Levar à Guiné uma equipa médica para efetuar cirurgias e transmissão de técnicas cirúrgicas a médicos locais, para o tratamento e cura da Filariose Linfática, também conhecida como elefantíase”.

No comunicado lê-se ainda que, em suma, a Union Fraternelle “faz da saúde, bem-estar e causas sociais a sua bandeira e procura dar apoio e alento a todos os emigrantes espalhados pelo mundo”.

Para além de Lausanne, a Union Fraternelle tem uma forte ligação a Coimbra, nomeadamente com o médico Manuel António (na imagem), que há mais de duas décadas é o presidente do conselho de administração do IPO conimbricense, e do professor Miguel Guerreiro, um ex-campeão nacional de boxe.

A nível cultural, a associação pretende contribuir para a divulgação na Suíça do fado e de ranchos folclóricos portugueses, para além de apresentar danças tradicionais africanas em diversas geografias africanas. A promoção de novos artista de pintura e escultura, bem como a realização de exposições com artistas já consagrados, também são metas a cumprir.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Portugal hoje, um país que incentiva ao regresso
Paulo Pisco
Deputado do PS eleito pelos portugueses na Europa
De olhos postos em África com uma estratégia de futuro
Peter Dawson
Presidente do grupo Garland
Não há tempo para se perder tempo!
Vítor Ramalho
Secretário-Geral da UCCLA
DISCURSO DIRETO
O português que ajudou a 'erguer' as memórias do World Trade Center
Luís Mendes, arquiteto
ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA
«Mobilidade no espaço da lusofonia é um dos maiores desafios»
Teresa Ribeiro, SENEC
PORTUGAL
The last man on the moon
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ