ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Comunidade portuguesa no Qatar é a ‘imagem do Portugal moderno’
Revista PORT.COM • 09-Mai-2017
Comunidade portuguesa no Qatar é a ‘imagem do Portugal moderno’



António Costa fez ontem uma visita oficial de 24 horas ao Qatar, que incluiu um encontro com o emir, Tamim bin Hamad bin Khalifa Al Thani, no trono desde 2013.

O primeiro-ministro considera que a comunidade portuguesa residente no Qatar, composta sobretudo por "quadros qualificados", representa a imagem de um país moderno e com potencialidades económicas que transcendem o seu mercado interno de 10 milhões de habitantes.

Esta é uma das ideias transmitidas por António Costa em entrevistas aos jornais 'Gulf Times' e 'Qatar Tribune', que foram publicadas ontem.

Nas duas entrevistas, o primeiro-ministro refere-se aos cerca de 1.500 portugueses residentes no Qatar, na sua maioria jovens, que exercem funções de gestão ou estão em empresas ligadas a novas tecnologias.

"Esta comunidade portuguesa é a imagem de um país moderno, virado para as novas tecnologias e orientado para o futuro", afirma António Costa ao 'Qatar Tribune'.

Na estratégia para captar investimento externo, António Costa apresenta aos dois jornais Portugal como um país que pode ser uma plataforma para empresas do Qatar operarem simultaneamente em mercados como a União Europeia, Brasil e países africanos de expressão portuguesa.

"Portugal é um país de economia aberta, as nossas condições para atrair investimento externo são competitivas e não oferecemos apenas um mercado interno de dez milhões de habitantes, porque estamos inseridos no maior marcado do mundo, o da União Europeia. Estamos ainda prontos para cooperar com o Qatar em regiões como o Brasil e países africanos de expressão portuguesa, com quem temos laços históricos seculares e uma presença económica consolidada, tendo como base um conhecimento profundo desses países", acentua.

 

Promoção da língua portuguesa

António Costa visitou ainda a Fundação Qatar, liderada pela Xeque Hindt Al-Thani, que se seguiu a uma audiência com a mãe do Emir, a Xeque Mozah Al Missned.

Na Fundação do Qatar, o Primeiro-Ministro fez um discurso com particular incidência no valor estratégico da comunidade de países de língua portuguesa e sobre as potencialidades económicas que esse fator linguístico tem, e participou na cerimónia do Dia da Língua Portuguesa na Universidade Hamad Bin Khalifa.

Nesta Universidade, pertencente à Fundação Qatar, António Costa agradeceu o empenho da universidade no curso de português, iniciado este ano e e já com 164 inscritos, não só portugueses, mas também goeses lusodescendentes, e outras nacionalidades.

A visita terminou com uma receção à comunidade portuguesa. 


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
O Festival das Migrações, Culturas e Cidadania
Daniel Bastos
Historiador
Novo Coronavírus provoca epidemia com desfecho imprevisível
Alfredo Martins
Internista e Coordenador do NEDResp
InPortugal 2020 Paris quer desenvolver nova rede de embaixadores
Ricardo Simões
Diretor do InPortugal
DISCURSO DIRETO
A Fundação ISS e o apoio na África Lusófona
Eulalia Devesa, Diretora da Fundação ISS Mais Um Sorriso
PORTUGAL
«Cada vez faz menos sentido falar de emigração»
José Cesário, Deputado do PSD
PORTUGAL
O Projeto de Mobilidade na CPLP
Augusto Santos Silva, Ministro dos Negócios estrangeiros
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ