ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Cantora lusodescendente lança disco de homenagem à Virgem de Fátima
Revista PORT.COM • 16-Mai-2017
Cantora lusodescendente lança disco de homenagem à Virgem de Fátima



O disco é composto por 13 temas musicais, uns em português e outros em castelhano, dois dos quais, "Bênção" e "Senhora Nossa, Senhora Minha", tiveram como convidado especial o cónego Alexandre Mendonça, diretor da Missão Católica Portuguesa de Caracas.

A cantora luso-venezuelana Andrea Imaginário materializou o sonhou de gravar um disco compacto com canções para Nossa Senhora de Fátima, uma iniciativa que contou com o apoio da Fundação Instituto Português de Cultura.

"É importante fazer uma homenagem a Nossa Senhora porque Ela é para nós um modelo, um exemplo do que é ser cristão, em qualquer circunstância. Ela, como mãe, como mulher, passou pela dor, pelo sofrimento, mas também passou pela graça e deixou-nos um exemplo da maneira de cumprir a palavra de Deus na nossa vida", disse.

Andrea Imaginário falava, em Caracas, numa homilia na Missão Católica Portuguesa, por ocasião do centenário das aparições, durante a qual o arcebispo de Caracas, Jorge Urosa Savino, abençoou o disco gravado pela lusodescendente.

"Comecei na música há muitos anos, através da Igreja, quando era menina, com 14 anos. Através da Igreja, comecei a estudar música, a cantar e toda a vida tive este sonho que no centenário das aparições de Nossa Senhora de Fátima pensei fazer realidade e assim poder 'dar de volta' (retribuir) todas as graças que me deu através da música", explicou à Lusa.

No entanto o tema preferido da cantora é o "Avé Maria de Fátima" que, segundo explicou, "marcou o começo do projeto, "a razão pela qual ela fez o disco compacto".

"Comecei gravando esse tema e gostei imenso do resultado, que me serviu de inspiração para continuar com o trabalho", frisou.

 

Entre a música, a arte e a escrita

Com 38 anos, Andrea Imaginária é filha de portugueses naturais de Aveiro e radicados na Venezuela, intérprete do canto lírico e do fado, estilo musical português, que desde 2007 leva às salas culturais de Caracas.

Graduada na Escola de Música Lino Gallardo, é licenciada em Artes e Magíster Scietiarum em Literatura Comparada pela Universidade Central de Venezuela, onde é professora de arte.

Filha do pianista e acordeonista português João Carlos Imaginário, venceu em 1999 o primeiro lugar do III Concurso Nacional de Canto para Estudantes da Escola Superior de Música José Ángel Lamas, na Venezuela.

Possui estudos em diversos países, entre eles Portugal (Estoril), e entre os seus maestros estão Sarah Walker, Graham Johnson, Robert White e Loh Siew Tuan.

Faz parte do grupo venezuelano de música antiga "Música Reservata" e é autora do livro "Visões de Religiosidade Popular - Auto da Compadecida de Arina Suassuna", que em 2010 foi adaptado ao cinema.

Em 2016, foi a voz oficial da peça musical "O Caminho de Santiago de Compostela chega a ti", uma obra póstuma do conhecido guitarrista e compositor italiano-venezuelano Pablo Manavello (21 de maio de 1950 - 18 de janeiro de 2016).


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Significado das próximas eleições para a Assembleia da República
Paulo Pisco
Deputado do PS
Incêndios rurais: prevenir é mesmo o melhor remédio
Miguel Freitas
Sec. de Estado das Florestas
Por um regresso seguro a casa
José Artur Neves
Sec. de Estado da Proteção Civil
DISCURSO DIRETO
As vivências da emigração portuguesa nos palcos do teatro
Daniel Bastos, Historiador
PORTUGAL
Defesa de nova visão sobre as comunidades portuguesas
José Luís Carneiro
PORTUGAL
Um eterno e constante devir....
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ