ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Cantora lusodescendente lança disco de homenagem à Virgem de Fátima
Revista PORT.COM • 16-Mai-2017
Cantora lusodescendente lança disco de homenagem à Virgem de Fátima



O disco é composto por 13 temas musicais, uns em português e outros em castelhano, dois dos quais, "Bênção" e "Senhora Nossa, Senhora Minha", tiveram como convidado especial o cónego Alexandre Mendonça, diretor da Missão Católica Portuguesa de Caracas.

A cantora luso-venezuelana Andrea Imaginário materializou o sonhou de gravar um disco compacto com canções para Nossa Senhora de Fátima, uma iniciativa que contou com o apoio da Fundação Instituto Português de Cultura.

"É importante fazer uma homenagem a Nossa Senhora porque Ela é para nós um modelo, um exemplo do que é ser cristão, em qualquer circunstância. Ela, como mãe, como mulher, passou pela dor, pelo sofrimento, mas também passou pela graça e deixou-nos um exemplo da maneira de cumprir a palavra de Deus na nossa vida", disse.

Andrea Imaginário falava, em Caracas, numa homilia na Missão Católica Portuguesa, por ocasião do centenário das aparições, durante a qual o arcebispo de Caracas, Jorge Urosa Savino, abençoou o disco gravado pela lusodescendente.

"Comecei na música há muitos anos, através da Igreja, quando era menina, com 14 anos. Através da Igreja, comecei a estudar música, a cantar e toda a vida tive este sonho que no centenário das aparições de Nossa Senhora de Fátima pensei fazer realidade e assim poder 'dar de volta' (retribuir) todas as graças que me deu através da música", explicou à Lusa.

No entanto o tema preferido da cantora é o "Avé Maria de Fátima" que, segundo explicou, "marcou o começo do projeto, "a razão pela qual ela fez o disco compacto".

"Comecei gravando esse tema e gostei imenso do resultado, que me serviu de inspiração para continuar com o trabalho", frisou.

 

Entre a música, a arte e a escrita

Com 38 anos, Andrea Imaginária é filha de portugueses naturais de Aveiro e radicados na Venezuela, intérprete do canto lírico e do fado, estilo musical português, que desde 2007 leva às salas culturais de Caracas.

Graduada na Escola de Música Lino Gallardo, é licenciada em Artes e Magíster Scietiarum em Literatura Comparada pela Universidade Central de Venezuela, onde é professora de arte.

Filha do pianista e acordeonista português João Carlos Imaginário, venceu em 1999 o primeiro lugar do III Concurso Nacional de Canto para Estudantes da Escola Superior de Música José Ángel Lamas, na Venezuela.

Possui estudos em diversos países, entre eles Portugal (Estoril), e entre os seus maestros estão Sarah Walker, Graham Johnson, Robert White e Loh Siew Tuan.

Faz parte do grupo venezuelano de música antiga "Música Reservata" e é autora do livro "Visões de Religiosidade Popular - Auto da Compadecida de Arina Suassuna", que em 2010 foi adaptado ao cinema.

Em 2016, foi a voz oficial da peça musical "O Caminho de Santiago de Compostela chega a ti", uma obra póstuma do conhecido guitarrista e compositor italiano-venezuelano Pablo Manavello (21 de maio de 1950 - 18 de janeiro de 2016).


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
A relação entre Portugal e a sua Diáspora...
José Luís Carneiro
Implicações políticas da participação eleitoral nas comunidades
Paulo Pisco
Deputado do PS
Porque não te calas?
José Caria
Diretor-Adjunto PORT.com
DISCURSO DIRETO
Mar de Sonhos – a emigração nos vapores transatlânticos
Daniel Bastos, Historiador
PORTUGAL
ENTREVISTA
Berta Nunes, secretária de Estado das Comunidades
PORTUGAL
ENTREVISTA
António Saraiva, Presidente da CIP
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ