ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Fernando Pessoa dá nome ao mais recente Parque Municipal em Toronto
Revista PORT.COM • 06-Jun-2017
Fernando Pessoa dá nome ao mais recente Parque Municipal em Toronto



Devido às celebrações da Semana do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas, a Câmara Municipal de Toronto "decidiu associar-se às festividades".

A Câmara Municipal de Toronto vai batizar um parque com o nome de Fernando Pessoa, como uma forma de homenagear o poeta português.

“É um parque novo e propusemos à comunidade em geral que escolhessem o nome do parque. Entre as sugestões apresentadas pelos residentes da área, surgiu numa lista final, encontrando-se entre eles, o nome de 'Pessoa Park' (Parque Pessoa)", disse Ana Bailão, vereadora Câmara Municipal de Toronto.

A autarca luso-canadiana eleita pela Davenport (Bairro 18) explicou que os habitantes da área procuraram informar-se sobre o poeta português e "decidiram, por grande maioria, homenagear Fernando Pessoa".

A inauguração simbólica das obras do 'Pessoa Park' terá lugar na quinta-feira, dia 8 de junho, às 18H30 (23H30 de Portugal continental), no cruzamento da Dufferin Street com a Peel Avenue.

"Na área já residiu uma grande comunidade portuguesa, mas agora mudou-se para outras zonas. O interessante é que a maior parte dos moradores que votaram não eram de origem portuguesa, mas reconhecem o contributo que a comunidade portuguesa teve, e também devido à sua forte presença naquela área", acrescentou Ana Bailão.

O parque está dotado com um espaço verde, bancos, e uma área com jatos de água, com acesso a um caminho pedestre de uma ponte ferroviária.

O novo espaço verde integra o projeto de um condomínio localizado no número 11 da Peel Avenue, mas está localizado a oeste, num terreno propriedade da autarquia, no número 405 da Dufferin Street.

O projeto tem um orçamento que ronda os 2,1 milhões de dólares canadianos (1,3 milhões de euros).

"Os 15 a 25 mil residentes locais quiseram manter uma ligação com a comunidade que por ali esteve estabelecida durante décadas, e que ainda mantém uma presença, mas mais reduzida", concluiu Ana Bailão.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Portugal hoje, um país que incentiva ao regresso
Paulo Pisco
Deputado do PS eleito pelos portugueses na Europa
De olhos postos em África com uma estratégia de futuro
Peter Dawson
Presidente do grupo Garland
Não há tempo para se perder tempo!
Vítor Ramalho
Secretário-Geral da UCCLA
DISCURSO DIRETO
O português que ajudou a 'erguer' as memórias do World Trade Center
Luís Mendes, arquiteto
ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA
«Mobilidade no espaço da lusofonia é um dos maiores desafios»
Teresa Ribeiro, SENEC
PORTUGAL
The last man on the moon
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ