ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Emigrante junta 20 pessoas em Londres em homenagem às vítimas de Pedrógão
Revista PORT.COM • 02-Jul-2017
Emigrante junta 20 pessoas em Londres em homenagem às vítimas de Pedrógão



Um gesto espontâneo de uma emigrante portuguesa em Londres levou cerca de duas dezenas de pessoas a uma vigília em Londres em homenagem às vítimas do incêndio em Pedrógão Grande.

Lídia Harding está radicada há várias décadas no Reino Unido e tem pouco contacto com a comunidade portuguesa, mas não escapou à angústia causada pelos incêndios em Portugal, que causaram 64 mortos.

"Foi a ler as notícias e também a ver uma fotografia dos bombeiros que, depois de três dias de batalhar com o incêndio, estavam a dar água a um cão. Essa fotografia emocionou-me muito", contou à agência Lusa.

Contactou algumas pessoas que descobriu através da Internet e redes sociais e organizou uma vigília numa igreja dos Irmãos Scalabrianos, usada regularmente pela comunidade portuguesa.

O evento foi organizado com pouca antecedência, mas mesmo assim mobilizou várias pessoas, entre as quais Rosa Fernandes, que confessou ter ficado emocionada com o sucedido.

"Vivi oito anos em Portugal e nunca tinha visto nada igual. Fiquei muito triste a ver as pessoas chorar e isso toca. vim aqui prestar homenagem àqueles que morreram e dar força para a família. Qualquer coisa, estamos aqui para ajudar", justificou.

Natural de Cabo Verde, apresentou-se acompanhada pelo filho, que se ia entretendo a brincar com velas colocadas à entrada da igreja, onde estava também um livro de condolências.

"Como dizem, de pequenino se torce o pepino. Para ele aprender que devemos estar preocupados com os outros", explicou.

Outra participante, Maria do Carmo Colimão, contou que só chegou há uma semana à capital britânica, pelo que ainda acompanhou os incêndios quando estava em Portugal.

No entanto, não quis deixar de "manifestar solidariedade com o que aconteceu. Foi algo inédito", admitiu.

O incêndio que deflagrou em 17 de junho, em Pedrógão Grande, no distrito de Leiria, provocou pelo menos 64 mortos e mais de 200 feridos, e só foi dado como extinto uma semana depois.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
A relação entre Portugal e a sua Diáspora...
José Luís Carneiro
Implicações políticas da participação eleitoral nas comunidades
Paulo Pisco
Deputado do PS
Porque não te calas?
José Caria
Diretor-Adjunto PORT.com
DISCURSO DIRETO
Mar de Sonhos – a emigração nos vapores transatlânticos
Daniel Bastos, Historiador
PORTUGAL
ENTREVISTA
Berta Nunes, secretária de Estado das Comunidades
PORTUGAL
ENTREVISTA
António Saraiva, Presidente da CIP
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ