ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Lusodescendente distinguida com prémio de jornalismo pelo Presidente venezuelano
Revista PORT.COM • 04-Jul-2017
Lusodescendente distinguida com prémio de jornalismo pelo Presidente venezuelano



O Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, condecorou a jornalista lusodescendente Desiree Santos Amaral com o Prémio Único Simón Bolívar, pela sua “muito longa luta pela dignidade dos jornalistas”.

Numa cerimónia no palácio presidencial de Miraflores, em Caracas, durante o qual a luso-descendente, que é tida como uma referência na luta pela liberdade de expressão, falou das difíceis condições de trabalho, da censura e opressão vivida pelos jornalistas durante o século XX.

Para conceder o prémio, um jurado analisou 165 candidatos, dando prioridade à trajetória, disciplina e constância demonstrada ao longo da carreira profissional da jornalista luso-descendente, que dirige atualmente o jornal Correio do Orinoco e a rádio YVKE e Rádio do Sul, todos estatais.

O Prémio Único de Jornalismo Simón Bolívar foi entregue pela primeira há 75 anos e é a máxima distinção do jornalismo venezuelano. Foi criado para destacar o trabalho dos jornalistas e comunicadores sociais, que promovam a convivência, a tolerância e a união latino-americana.

A lusodescendente é militante do Partido Socialista Unido da Venezuela (PSUV, no poder), e entre 2000 e 2010 foi deputada da Assembleia Nacional, instituição de que chegou a ser vice-presidente.

Jornalista de profissão, foi distinguida em 2000 como Personagem Ibero-americano do Ano, pela Organização Ibero-americana de Jornalistas.

Desde 2011 que dirige a Rádio do Sul, uma estação com mais de uma centena de rádios associadas na América, África e Caraíbas.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Joe Silvey, um pioneiro da sociedade multicultural no Canadá
Daniel Bastos
Historiador
Sejam muito bem-vindos. Os Açores contam consigo!
Vítor Fraga
CEO da SDEA
As comunidades e a limpeza das matas
Paulo Pisco
Deputado do PS
DISCURSO DIRETO
Angola aqui e agora
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
«A lusofonia é o instrumento privilegiado de afirmação dos povos»
Vitor Ramalho
PORTUGAL
«Apostou-se muito no combate e pouco na prevenção»
Miguel Freitas
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ