ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

imagem
Luisa Pais Lowe • 17-Ago-2017
Bairro Português de Hamburgo



Luisa Pais Lowe, Cônsul Geral de Portugal em Hamburgo, descreve a 'cidade mais portuguesa da Alemanha'.

A Cidade Livre e Hanseática de Hamburgo é conhecida como “a cidade mais portuguesa da Alemanha”, desde logo porque é a cidade alemã com a maior comunidade portuguesa do país (calculada em cerca de doze mil concidadãos), conhecida e respeitada pelo seu excelente nível de integração, dedicação ao trabalho e simpatia. Os portugueses de Hamburgo prosperam com os seus negócios e o seu comércio, e têm vindo a construir uma vida digna e bem sucedida de geração em geração. Há uma identificação natural com a cidade, porque Hamburgo é cosmopolita e aberta ao mundo, tal como os portugueses, que sempre abraçaram o mar, partindo à descoberta do planeta e das suas gentes.

Portugal está presente em Hamburgo desde os tempos da Liga Hanseática e existem, por toda a cidade, numerosos símbolos da presença portuguesa, histórica e contemporânea, desde uma imponente estátua de Vasco da Gama numa das principais pontes sobre o rio Elba até à Rua Amália Rodrigues, na zona típica de Altona. Mas nada se compara ao emblemático e alegre Bairro Português de Hamburgo (“Portugiesenviertel”), no coração da zona portuária, com os seus mais de trinta restaurantes e cafés portugueses, todos assinalados de forma bem distinta e colorida, numa inesperada onda verde e vermelha a pairar sobre as ruas. É, sem sombra de dúvida, uma das zonas mais famosas e populares da cidade, atraindo milhares de turistas, alemães e estrangeiros, que frequentam os restaurantes e cafés e apreciam a gastronomia portuguesa. À noite, tudo se ilumina e as saídas à noite, de jovens e menos jovens, passam quase todas, obrigatoriamente, pelo Bairro Português. Ali todos convivem, numa harmonia multicultural e cívica que constitui um verdadeiro exemplo para a Europa e para o mundo.

Não obstante o bairro ser, efetivamente, um “pequeno Portugal”, no sentido em que predominam os estabelecimentos comerciais e as cores, símbolos e letreiros portugueses, as suas ruas já não são, atualmente, habitadas maioritariamente pelos nossos compatriotas, ao contrário do que aconteceu nos anos sessenta. Nessa época chegou a Hamburgo a primeira vaga de imigração moderna portuguesa, para trabalhar na indústria portuária e marítima, fixando-se, naturalmente, naquelas mesmas ruas estreitas junto ao porto, porque estavam próximas do local de trabalho, porque os outros colegas e conhecidos já lá viviam e também, provavelmente, porque o cheiro a maresia e o cantar das gaivotas ajudavam a superar as saudades. Ou seja, a perfeita simbiose entre o espírito prático e a nostalgia dos Portugueses. Com o passar das décadas, a abertura gradual dos estabelecimentos gastronómicos portugueses e a transformação da zona portuária central de Hamburgo num polo de atração da cidade, o “Portugiesenviertel” e os seus restaurantes ficaram na moda e passaram a ocupar lugar central nos roteiros turísticos da cidade. Em consequência, tudo ficou mais caro e o mercado imobiliário disparou em preço e procura, levando os nossos compatriotas a habitar em áreas menos dispendiosas. Mas ficaram os restaurantes, a portugalidade e a simbologia. O galão e o pastel de nata são os heróis do bairro, deliciando os alemães e incorporando o seu vocabulário com naturalidade (sim, eles conseguem pronunciar razoavelmente o ditongo do “galão”!). Adoram o ambiente, a comida e as gentes, porque os fazem sonhar com viagens paradisíacas, praia e sol, ou porque lhes recordam, simplesmente, as belas férias de verão passadas em Portugal.

O Bairro Português também é o local por excelência de comemoração de tudo o que é nacional e é bom. Ali se festejaram com alegria os 50 anos da Comunidade Portuguesa da Alemanha e o Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portugueses, em 2014. Naquelas ruas vibraram e celebraram multidões toda a noite (portugueses, alemães e muitos outros) em Julho de 2016, quando Portugal venceu o campeonato europeu de futebol, o Euro 2016. E até Salvador Sobral logrou espalhar magia e melodia no bairro com a sua vitória no Festival Eurovisão da Canção, há poucos meses. No Bairro Português de Hamburgo, de mão dada com os alemães e com o mundo inteiro, confluem o melhor de nós e o enorme orgulho de ser Português numa cidade alemã que tem um pouco de alma portuguesa e cheira a maresia.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
PSD recomenda ao Governo a criação de um Programa Especial de Apoio a Portugueses
José Cesário
Deputado do PSD
Empreendedorismo direcionado para a Diáspora Portuguesa
Daniel Bastos
Historiador
As relações económicas têm uma dimensão humana importante
Kirsty Hayes
Embaixadora do Reino Unido em Portugal
DISCURSO DIRETO
'O Estado abandonou o país rural'
Nádia Piazza
PORTUGAL
'Temos uma dívida de gratidão para com os nossos emigrantes'
José Maria Costa
PORTUGAL
José Redondo e a paixão pelo râguebi
José Redondo
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ