ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Lusodescendente Carlos Cordeiro é novo presidente da federação americana de futebol
Revista PORT.COM • 12-Fev-2018
Lusodescendente Carlos Cordeiro é novo presidente da federação americana de futebol



Antigo executivo do Goldman Sachs, há vários anos na estrutura da federação, vai liderar a US Soccer na fase de candidatura ao Mundial de 2026.

O lusodescendente Carlos Cordeiro foi eleito presidente da federação norte-americana de futebol (US Soccer), na Assembleia-Geral do organismo, na Florida.

Filho de mãe colombiana e pai português, em 1956, Cordeiro emigrou, com a sua mãe viúva e três irmãos aos 15 anos, da Índia para os Estados Unidos, tornando-se cidadão norte-americano 10 anos depois.

No ato eleitoral mais participado desde 1998, Carlos Cordeiro tornou-se no 32.º presidente da US Soccer, sucedendo a Sunil Gulati, ao conquistar 68,6% dos votos na terceira volta, superando Kathy Carter (10,6%), Kyle Martino (10,6%), Eric Wynalda (8,9%) e Hope Solo (1.4%).

Nas anteriores votações, em que foram eliminados Paul Caligiuri, na primeira, e Michael Winograd e Steve Gan, na segunda, o lusodescendente foi igualmente o mais votado.

Carlos Cordeiro será agora uma das caras da candidatura tripartida ao Mundial2026, no qual os Estados Unidos se uniram a Canadá e México.

Cordeiro vai presidir à US Soccer até 2022, depois de ter desempenhado vários cargos no organismo, como primeiro diretor independente, desde 2007, e vice-presidente, desde 2016. Foi ainda tesoureiro e responsável pelas finanças da fundação US Soccer, além de representar o organismo na CONCACAF e na FIFA.

 

Empresário com mais de 30 anos de experiência no mundo financeiro internacional, integrou a Goldman Sachs em 1990, tendo, mais tarde, sido designado vice-presidente para a Ásia. Entre outras atividades, foi conselheiro de Nelson Mandela no período pós-Apartheid, na África do Sul, e de várias entidades financeiras, como o Banco Mundial.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Portugal hoje, um país que incentiva ao regresso
Paulo Pisco
Deputado do PS eleito pelos portugueses na Europa
De olhos postos em África com uma estratégia de futuro
Peter Dawson
Presidente do grupo Garland
Não há tempo para se perder tempo!
Vítor Ramalho
Secretário-Geral da UCCLA
DISCURSO DIRETO
O português que ajudou a 'erguer' as memórias do World Trade Center
Luís Mendes, arquiteto
ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA
«Mobilidade no espaço da lusofonia é um dos maiores desafios»
Teresa Ribeiro, SENEC
PORTUGAL
The last man on the moon
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ