ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Incêndio na embaixada portuguesa em Estocolmo faz vários feridos. Há um homem detido
Revista PORT.COM • 05-Abr-2018
Incêndio na embaixada portuguesa em Estocolmo faz vários feridos. Há um homem detido



Um incêndio deflagrou, na manhã de quarta-feira (dia 04 de abril), na embaixada portuguesa, em Estocolmo, na Suécia, causando ferimentos em 14 pessoas.

A embaixada portuguesa em Estocolmo, na Suécia, foi afetada por um incêndio de grandes proporções. A informação foi avançada pela "Radio Sweden", rádio pública sueca em língua inglesa. No mesmo edifício, funcionam também os serviços diplomáticos da Tunísia e da Argentina.

Segundo o jornal sueco "Aftonbladet", foi detida uma pessoa, suspeita de ter provocado o fogo.

O ministro dos Negócios Estrangeiros português declarou, em Lisboa, que o incêndio foi um "gesto criminoso" de fogo posto, afastando, no entanto, a hipótese de ato terrorista. 

"Com a informação que temos, não há nenhuma indicação que seja incidente de natureza terrorista, parece ser um caso isolado de uma pessoa que está perturbada e não sabemos por que é que decidiu canalizar a sua perturbação para a secção consular da embaixada portuguesa em Estocolmo", referiu Augusto Santos Silva numa conferência de imprensa ao lado do secretário-geral da Liga Árabe, em Lisboa.

Segundo o governante, o suspeito "exigiu falar com o responsável da secção consular", tendo o pedido sido satisfeito, mas, antes da conversa, o homem "teve este gesto criminoso, de provocar um incêndio, fugindo ao mesmo tempo".

Ainda sobre o autor do crime, Santos Silva disse que se desconhece ainda a sua nacionalidade, mas "a ideia é que possa ser um cidadão de origem europeia".

"Exprimiu-se em espanhol, aliás fluentemente, e também em inglês, e confirma-se que apresentava um ar totalmente perturbado", comentou.

As chamas, combatidas por 60 a 70 bombeiros, atingiram os 3.º, 4.º e 5.º pisos do edifício que também alberga um bar.

 

Marcelo repudia "ato criminoso" 

Segundo a página oficial da Presidência da República, Marcelo Rebelo de Sousa "acompanhou com preocupação" os relatos relativos ao incidente que teve lugar, no dia 4 de abril, na Embaixada de Portugal em Estocolmo.

"Expressando o seu repúdio por este gesto criminoso, o Presidente da República endereça a todos os feridos os votos de rápidas melhoras, bem como transmite a sua solidariedade ao pessoal e visitantes da chancelaria", refere a informação divulgada.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Significado das próximas eleições para a Assembleia da República
Paulo Pisco
Deputado do PS
Incêndios rurais: prevenir é mesmo o melhor remédio
Miguel Freitas
Sec. de Estado das Florestas
Por um regresso seguro a casa
José Artur Neves
Sec. de Estado da Proteção Civil
DISCURSO DIRETO
Monumentos ao emigrante em Portugal
Daniel Bastos, Historiador
PORTUGAL
Defesa de nova visão sobre as comunidades portuguesas
José Luís Carneiro
PORTUGAL
Um eterno e constante devir....
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ