ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Incêndio na embaixada portuguesa em Estocolmo faz vários feridos. Há um homem detido
Revista PORT.COM • 05-Abr-2018
Incêndio na embaixada portuguesa em Estocolmo faz vários feridos. Há um homem detido



Um incêndio deflagrou, na manhã de quarta-feira (dia 04 de abril), na embaixada portuguesa, em Estocolmo, na Suécia, causando ferimentos em 14 pessoas.

A embaixada portuguesa em Estocolmo, na Suécia, foi afetada por um incêndio de grandes proporções. A informação foi avançada pela "Radio Sweden", rádio pública sueca em língua inglesa. No mesmo edifício, funcionam também os serviços diplomáticos da Tunísia e da Argentina.

Segundo o jornal sueco "Aftonbladet", foi detida uma pessoa, suspeita de ter provocado o fogo.

O ministro dos Negócios Estrangeiros português declarou, em Lisboa, que o incêndio foi um "gesto criminoso" de fogo posto, afastando, no entanto, a hipótese de ato terrorista. 

"Com a informação que temos, não há nenhuma indicação que seja incidente de natureza terrorista, parece ser um caso isolado de uma pessoa que está perturbada e não sabemos por que é que decidiu canalizar a sua perturbação para a secção consular da embaixada portuguesa em Estocolmo", referiu Augusto Santos Silva numa conferência de imprensa ao lado do secretário-geral da Liga Árabe, em Lisboa.

Segundo o governante, o suspeito "exigiu falar com o responsável da secção consular", tendo o pedido sido satisfeito, mas, antes da conversa, o homem "teve este gesto criminoso, de provocar um incêndio, fugindo ao mesmo tempo".

Ainda sobre o autor do crime, Santos Silva disse que se desconhece ainda a sua nacionalidade, mas "a ideia é que possa ser um cidadão de origem europeia".

"Exprimiu-se em espanhol, aliás fluentemente, e também em inglês, e confirma-se que apresentava um ar totalmente perturbado", comentou.

As chamas, combatidas por 60 a 70 bombeiros, atingiram os 3.º, 4.º e 5.º pisos do edifício que também alberga um bar.

 

Marcelo repudia "ato criminoso" 

Segundo a página oficial da Presidência da República, Marcelo Rebelo de Sousa "acompanhou com preocupação" os relatos relativos ao incidente que teve lugar, no dia 4 de abril, na Embaixada de Portugal em Estocolmo.

"Expressando o seu repúdio por este gesto criminoso, o Presidente da República endereça a todos os feridos os votos de rápidas melhoras, bem como transmite a sua solidariedade ao pessoal e visitantes da chancelaria", refere a informação divulgada.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Defender a União Europeia e os direitos de cidadania
Paulo Pisco
Deputado do PS
Saibamos aumentar a participação cívica das nossas comunidades
José Cesário
Deputado do PSD
O retrato dos votos da emigração
José Caria
Diretor-adjunto da PORT.COM
DISCURSO DIRETO
Dia de Portugal e 5.º aniversário da Revista PORT.COM
Marcelo Rebelo de Sousa
PORTUGAL
Língua portuguesa, um passaporte para o presente e para o futuro
Luís Faro Ramos, pres. do Camões I.P.
PORTUGAL
Função de grande responsabilidade e relevância social
José Luís Carneiro, SEC
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ