ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

António Costa incentiva comunidade portuguesa a intervir na vida política canadiana
Revista PORT.COM • 09-Mai-2018
António Costa incentiva comunidade portuguesa a intervir na vida política canadiana



Numa deslocação recente ao Canadá, o primeiro-ministro, António Costa, incentivou os cidadãos portugueses e lusodescendentes a uma intervenção ativa na vida política canadiana. A visita oficial de quatro dias, que terminou no dia 5 maio, compreendeu um programa dedicado à difusão da língua portuguesa, ao ensino e mais um encontro com a comunidade portuguesa.

Num discurso perante os alunos da Escola da Missão de Santa Cruz, em Montreal, no Quebeque, António Costa salientou a ideia do caráter global da língua portuguesa. No final da visita a este estabelecimento de ensino, o primeiro-ministro apontou como exemplo para os portugueses residentes no Canadá o atual ministro das Finanças do Quebeque, Carlos Leitão, que o acompanhou ao longo da jornada.

No dia anterior, em Toronto, António Costa teceu largos elogios à comunidade portuguesa, deixando o desafio para uma participação política ativa da comunidade no Canadá.

«É muito importante que em cada município, em cada província ou no plano federal essa participação exista, porque dá força à comunidade portuguesa, mas também a Portugal. A vida deu-vos uma oportunidade absolutamente extraordinária de poderem ter dois países e duas nacionalidades», considerou o líder do executivo.

Costa insistiu no apelo: «Sem esquecerem nunca o nosso país, não deixem de ser muito ativos aqui no Canadá».

No último de quatro dias de visita oficial ao Canadá, na Escola da Missão de Santa Cruz, o primeiro-ministro foi surpreendido com a atuação de uma aluna do 9.º ano de escolaridade, Carminda Gama, que interpretou o tema "Desfado", da fadista Ana Moura.

Depois de ter ouvido ainda um outro aluno declamar poemas de Fernando Pessoa, o primeiro-ministro destacou aos alunos o caráter "universal" da língua portuguesa.

«O Canadá já tem duas línguas globais, o inglês e o francês. Portanto, a aprendizagem de uma nova língua só faz verdadeiramente sentido se for igualmente global. Mas, de facto, o português é uma língua global que vale a pena aprender», frisou Costa.


Etiquetas
Partilhar

NOTÍCIAS RELACIONADAS
OPINIÃO
A sua atitude de confiança conta: não só com o vírus...
Susana Cor de Rosa
Consultora empresarial
Os efeitos do medo do coronavírus...
Daniel Bastos
Historiador
Novo Coronavírus provoca epidemia com desfecho imprevisível
Alfredo Martins
Internista e Coordenador do NEDResp
DISCURSO DIRETO
A Fundação ISS e o apoio na África Lusófona
Eulalia Devesa, Diretora da Fundação ISS Mais Um Sorriso
PORTUGAL
«Cada vez faz menos sentido falar de emigração»
José Cesário, Deputado do PSD
PORTUGAL
O Projeto de Mobilidade na CPLP
Augusto Santos Silva, Ministro dos Negócios estrangeiros
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ