ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

O mês da América portuguesa
Revista PORT.COM • 09-Jun-2018
O mês da América portuguesa



Em junho celebra-se Portugal na América. A iniciativa, denominada Mês de Portugal nos EUA, prevê 135 ações que se vão estender durante todo o mês, a 60 cidades norte-americanas, incluindo as comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas que se celebra hoje, 10 de junho, e que conta com a participação do Presidente da República e do primeiro-ministro.

O Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas é celebrado amanhã (10 de junho), em Boston, no Estado de Massachusetts, com a presença do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa e do primeiro-ministro, António Costa, mas muitas outras iniciativas estão programadas para Washington, Califórnia, Colorado, Florida e New Jersey entre outros estados norte-americanos.

Foi o próprio ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, que apresentou publicamente «esta verdadeira ofensiva diplomática», como denominou a iniciativa Mês de Portugal nos EUA, que prevê um extenso programa de ações durante todo o mês de junho, espalhadas por mais de 12 Estados e 60 cidades norte-americanas.

Acompanhado pelo secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro e do secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, Augusto Santos Silva começou por sintetizar os quatro grandes objetivos por detrás desta «ofensiva», a saber: aprofundar as relações bilaterais, aumentar a visibilidade de Portugal, lembrar a proximidade geográfica dos países e reforçar os laços entre Portugal e a comunidade luso-americana.

E, neste contexto, acabou por sublinhar que é fundamental explorar todas as dimensões do excelente relacionamento bilateral que pauta a relação entre os dois países, que vão muito além da área de segurança e defesa: «queremos ao mesmo tempo pôr em relevo as relações político-diplomáticas e a dimensão político-institucional, essa é a primeira e a mais importante, mas queremos também que a relação com a comunidade luso-americana, a cultura e a educação, a ciência e tecnologia e a economia, do duplo ponto de vista da promoção do comércio de investimento e da atração e promoção turística, sejam também dimensões relevantes» afirmou.

Uma palavra merecida foi também para a comunidade portuguesa nos Estados Unidos, tendo o ministro deixado clara a intenção desta iniciativa pretender também contribuir para a valorização desse «grande capital que Portugal tem nos Estados Unidos, como em outros 177 países, que é a comunidade portuguesa, o modo como se integra, como se integrando mantém a âncora identitária em Portugal e o veículo que é na comunicação entre os dois países».

E concluiu a sua intervenção voltando às comemorações do Dia de Portugal: «havia todas as razões, e há todas as razões, para aproveitar o facto de o 10 de junho se comemorar na América para a partir dele projetar um mês inteiro de celebração de Portugal na América e de celebração desta relação tão próxima entre os Estados Unidos e Portugal».

 

Um mês intenso de Portugal

O programa do Mês de Portugal vai abranger inúmeras áreas de intervenção que vão desde a Política e Diplomacia, à Cultura, Economia, Ciência e Tecnologia e Promoção Turística, entre outras, onde se desenvolverão uma panóplia de atividades como conferências, exposições, concertos, workshops, exibições de cinema, seminários, receções, festivais, festas populares e religiosas, entre outras mais iniciativas.

Só no plano das comemorações, do dia 10 de junho, vão ter lugar três momentos significativos: as celebrações do Dia de Portugal com a participação do Presidente da República e do primeiro-ministro, em Boston, a inauguração do Monumento aos Veteranos Luso-Americanos, em Newark e as festas populares do Espírito Santo, paradas e festivais de folclore e gastronomia portuguesa.

Recorde-se que a realização desta iniciativa de celebração de um mês de Portugal em território norte-americano, sob a tutela da Embaixada de Portugal, envolve uma vasta rede de entidades, desde logo as estruturas governamentais, fundações, empresas, organismos da sociedade civil, mas deve muito do seu sucesso à «militância entusiástica da comunidade portuguesa e luso-americana», palavras que o ministro dos Negócios Estrangeiros fez questão de enfatizar.

O Mês de Portugal encerrará com um encontro ao mais alto nível político entre Marcelo Rebelo de Sousa e Donald Trump, para além de outros encontros previstos de membros do Governo com autoridades federais e estaduais.

 

Navio-escola Sagres também marca presença

Como sempre, o Navio-escola Sagres, um dos mais emblemáticos símbolos de Portugal vai ser presença constante nestas comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas nos Estados Unidos. O Navio vai estar em Boston até ao dia 12 de junho e em Miami no dia 1 de julho.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
O Festival das Migrações, Culturas e Cidadania
Daniel Bastos
Historiador
Novo Coronavírus provoca epidemia com desfecho imprevisível
Alfredo Martins
Internista e Coordenador do NEDResp
InPortugal 2020 Paris quer desenvolver nova rede de embaixadores
Ricardo Simões
Diretor do InPortugal
DISCURSO DIRETO
A Fundação ISS e o apoio na África Lusófona
Eulalia Devesa, Diretora da Fundação ISS Mais Um Sorriso
PORTUGAL
«Cada vez faz menos sentido falar de emigração»
José Cesário, Deputado do PSD
PORTUGAL
O Projeto de Mobilidade na CPLP
Augusto Santos Silva, Ministro dos Negócios estrangeiros
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ