ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

O mês da América portuguesa
Revista PORT.COM • 09-Jun-2018
O mês da América portuguesa



Em junho celebra-se Portugal na América. A iniciativa, denominada Mês de Portugal nos EUA, prevê 135 ações que se vão estender durante todo o mês, a 60 cidades norte-americanas, incluindo as comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas que se celebra hoje, 10 de junho, e que conta com a participação do Presidente da República e do primeiro-ministro.

O Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas é celebrado amanhã (10 de junho), em Boston, no Estado de Massachusetts, com a presença do Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa e do primeiro-ministro, António Costa, mas muitas outras iniciativas estão programadas para Washington, Califórnia, Colorado, Florida e New Jersey entre outros estados norte-americanos.

Foi o próprio ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, que apresentou publicamente «esta verdadeira ofensiva diplomática», como denominou a iniciativa Mês de Portugal nos EUA, que prevê um extenso programa de ações durante todo o mês de junho, espalhadas por mais de 12 Estados e 60 cidades norte-americanas.

Acompanhado pelo secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro e do secretário de Estado da Internacionalização, Eurico Brilhante Dias, Augusto Santos Silva começou por sintetizar os quatro grandes objetivos por detrás desta «ofensiva», a saber: aprofundar as relações bilaterais, aumentar a visibilidade de Portugal, lembrar a proximidade geográfica dos países e reforçar os laços entre Portugal e a comunidade luso-americana.

E, neste contexto, acabou por sublinhar que é fundamental explorar todas as dimensões do excelente relacionamento bilateral que pauta a relação entre os dois países, que vão muito além da área de segurança e defesa: «queremos ao mesmo tempo pôr em relevo as relações político-diplomáticas e a dimensão político-institucional, essa é a primeira e a mais importante, mas queremos também que a relação com a comunidade luso-americana, a cultura e a educação, a ciência e tecnologia e a economia, do duplo ponto de vista da promoção do comércio de investimento e da atração e promoção turística, sejam também dimensões relevantes» afirmou.

Uma palavra merecida foi também para a comunidade portuguesa nos Estados Unidos, tendo o ministro deixado clara a intenção desta iniciativa pretender também contribuir para a valorização desse «grande capital que Portugal tem nos Estados Unidos, como em outros 177 países, que é a comunidade portuguesa, o modo como se integra, como se integrando mantém a âncora identitária em Portugal e o veículo que é na comunicação entre os dois países».

E concluiu a sua intervenção voltando às comemorações do Dia de Portugal: «havia todas as razões, e há todas as razões, para aproveitar o facto de o 10 de junho se comemorar na América para a partir dele projetar um mês inteiro de celebração de Portugal na América e de celebração desta relação tão próxima entre os Estados Unidos e Portugal».

 

Um mês intenso de Portugal

O programa do Mês de Portugal vai abranger inúmeras áreas de intervenção que vão desde a Política e Diplomacia, à Cultura, Economia, Ciência e Tecnologia e Promoção Turística, entre outras, onde se desenvolverão uma panóplia de atividades como conferências, exposições, concertos, workshops, exibições de cinema, seminários, receções, festivais, festas populares e religiosas, entre outras mais iniciativas.

Só no plano das comemorações, do dia 10 de junho, vão ter lugar três momentos significativos: as celebrações do Dia de Portugal com a participação do Presidente da República e do primeiro-ministro, em Boston, a inauguração do Monumento aos Veteranos Luso-Americanos, em Newark e as festas populares do Espírito Santo, paradas e festivais de folclore e gastronomia portuguesa.

Recorde-se que a realização desta iniciativa de celebração de um mês de Portugal em território norte-americano, sob a tutela da Embaixada de Portugal, envolve uma vasta rede de entidades, desde logo as estruturas governamentais, fundações, empresas, organismos da sociedade civil, mas deve muito do seu sucesso à «militância entusiástica da comunidade portuguesa e luso-americana», palavras que o ministro dos Negócios Estrangeiros fez questão de enfatizar.

O Mês de Portugal encerrará com um encontro ao mais alto nível político entre Marcelo Rebelo de Sousa e Donald Trump, para além de outros encontros previstos de membros do Governo com autoridades federais e estaduais.

 

Navio-escola Sagres também marca presença

Como sempre, o Navio-escola Sagres, um dos mais emblemáticos símbolos de Portugal vai ser presença constante nestas comemorações do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas nos Estados Unidos. O Navio vai estar em Boston até ao dia 12 de junho e em Miami no dia 1 de julho.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Significado das próximas eleições para a Assembleia da República
Paulo Pisco
Deputado do PS
Incêndios rurais: prevenir é mesmo o melhor remédio
Miguel Freitas
Sec. de Estado das Florestas
Por um regresso seguro a casa
José Artur Neves
Sec. de Estado da Proteção Civil
DISCURSO DIRETO
As vivências da emigração portuguesa nos palcos do teatro
Daniel Bastos, Historiador
PORTUGAL
Defesa de nova visão sobre as comunidades portuguesas
José Luís Carneiro
PORTUGAL
Um eterno e constante devir....
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ