ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Nova Escócia acolhe 4.000 emigrantes e lusodescendentes
Revista PORT.COM • 21-Jun-2018
Nova Escócia acolhe 4.000 emigrantes e lusodescendentes



A província canadiana de Nova Escócia acolhe atualmente uma comunidade de aproximadamente 4.000 emigrantes e lusodescendentes, no entanto, a presença portuguesa remonta ao período da descoberta do continente americano.

Halifax é a capital da província canadiana de Nova Escócia e onde foi erguido um monumento que assinala a suposta chegada do navegador português Álvares Fagundes a este território, em 1520. Depois, no início do século XVI, há registos de portugueses que pescavam bacalhau em toda esta costa.

Já em 1953, o fluxo de emigrantes portugueses para o Canadá iniciou após a assinatura de acordos bilaterais entre Portugal e este país da América do Norte.

Foi exatamente em Halifax que, no dia 13 de maio de 1953, desembarcaram os primeiros 77 emigrantes portugueses que viajaram a bordo do paquete Saturnia. Desta cidade espalharam-se por outras províncias, como Ontário ou Quebeque.

Miguel Amaral, com 65 anos, partiu de Viseu para Halifax há 53 anos. Lembrou que, na altura, a comunidade portuguesa era maior e garantiu que gosta de viver nesta província do Canadá, onde os emigrantes «estão muito bem inseridos».

Um dos episódios mais negros da história de Halifax está relacionado com uma das maiores explosões ocorridas antes da utilização da bomba atómica.

O acidente ocorreu em 1917, depois da colisão entre o navio francês Mont-Blanc, carregado de explosivos, com o navio belga Imo de tripulação norueguesa.

Cerca de duas mil pessoas morreram, milhares ficaram feridas e uma parte da cidade foi destruída, pois a explosão ocasionou um 'tsunami' que arrancou árvores e derrubou muitos edifícios.

A explosão no navio Mont-Blanc formou uma bola de fogo que atingiu cerca de 1,6 quilómetros no ar, semelhante, embora em menor escala, "ao cogumelo" formado pela bomba atómica em Hiroshima. A explosão foi ouvida em Charlottetown, localizada 175 quilómetros.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Joe Silvey, um pioneiro da sociedade multicultural no Canadá
Daniel Bastos
Historiador
Sejam muito bem-vindos. Os Açores contam consigo!
Vítor Fraga
CEO da SDEA
As comunidades e a limpeza das matas
Paulo Pisco
Deputado do PS
DISCURSO DIRETO
Angola aqui e agora
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
«A lusofonia é o instrumento privilegiado de afirmação dos povos»
Vitor Ramalho
PORTUGAL
«Apostou-se muito no combate e pouco na prevenção»
Miguel Freitas
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ