ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Eleitores portugueses nas eleições comunais belgas diminuiram em termos percentuais
Revista PORT.COM • 13-Out-2018
Eleitores portugueses nas eleições comunais belgas diminuiram em termos percentuais



A Direção das Eleições publicou, no dia 11, as estatísticas oficiais dos eleitores para as eleições comunais belgas de outubro de 2018.

Segundo dados da Direção das Eleições, o número de portugueses inscritos para votar nas eleições comunais belgas, marcadas para domingo, 14 de outubro, aumentou em termos absolutos, mas diminuiu em termos percentuais.

Dos 37.641 portugueses em idade de votar, 3.611 estão inscritos para votar nas comunais belgas, o que representa um aumento de 560 eleitores em comparação com 2012 onde só havia 3.051 eleitores portugueses.

Todavia, segundo os dados da Direção das Eleições, transmitidos pelo conselheiro das Comunidades Portuguesas eleito na Bélgica, Pedro Rupio, indicam que o número de emigrantes nacionais cresceu exponencialmente dos 29.485 em 2012 para os 37.641 de hoje.

O que significa que em termos percentuais, a taxa de inscrição da Comunidade Portuguesa caiu de 10,35% em 2012 para 9,59% em 2018.

Consequentemente, continua a existir um grande atraso em relação às outras grandes comunidades estrangeiras do país (italiana, francesa e espanhola) que contam com o dobro ou até mesmo o triplo de eleitores inscritos.

Segundo Pedro Rupio, em certas comunas como Aubange e Arlon (Valónia), Anderlecht e Forest (Bruxelas), ou Drogenbos e Sint-Genesius-Rode (Flandres), a margem de progressão é gigantesca pois o voto da Comunidade Portuguesa seria suficiente para eleger vários conselheiros comunais e/ou vereadores.

«O caminho ainda é longo, e o trabalho para inverter a situação até às próximas eleições municipais belgas de 2024 deve começar hoje, com o empenho de todos», conclui o Conselheiro das Comunidades Portuguesas.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
A sua atitude de confiança conta: não só com o vírus...
Susana Cor de Rosa
Consultora empresarial
Os efeitos do medo do coronavírus...
Daniel Bastos
Historiador
Novo Coronavírus provoca epidemia com desfecho imprevisível
Alfredo Martins
Internista e Coordenador do NEDResp
DISCURSO DIRETO
A Fundação ISS e o apoio na África Lusófona
Eulalia Devesa, Diretora da Fundação ISS Mais Um Sorriso
PORTUGAL
«Cada vez faz menos sentido falar de emigração»
José Cesário, Deputado do PSD
PORTUGAL
O Projeto de Mobilidade na CPLP
Augusto Santos Silva, Ministro dos Negócios estrangeiros
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ