ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Diáspora portuguesa tem «um papel importante na promoção das exportações nacionais»
Revista PORT.COM • 10-Nov-2018
Diáspora portuguesa tem «um papel importante na promoção das exportações nacionais»



O secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro, presidiu sessão de formalização do Gabinete de Apoio ao Emigrante (GAE) de Pombal.

O Município de Pombal já tem Gabinete de Apoio ao Emigrante. O protocolo de cooperação que formalizou a criação daquele gabinete foi assinado ontem pelo Município e pela Direção-Geral dos Assuntos Consulares e Comunidades Portuguesas, na presença do secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro.

«O nosso concelho tem muitos emigrantes pelo mundo e por isso este gabinete é muito importante. Temos emigrantes de várias idades, de diversas fases da sua vida, que precisam deste apoio e que, na nossa ótica, corresponde às expectativas dos cidadãos. Não se trata apenas de responder às necessidades dos nossos conterrâneos cá, como também aos que, por motivos diversos, vão para outro país e querem ir informados», disse Diogo Mateus, presidente da Câmara Municipal de Pombal, à Revista PORT.COM, depois da assinatura.

O edil realçou ainda que Pombal já tinha pensado, há alguns anos, ter um gabinete para apoiar os emigrantes.

«Há uns anos, houve uma tentativa de fazer um gabinete de apoio ao emigrante aqui em Pombal, sem estar ligado a estes canais internacionais e institucionais, mas faz todo o sentido que esteja ligado a esta grande rede que nos pode auxiliar, seja em matérias de segurança social, em educação ou investidores. Tudo isto trabalha em conjunto, portanto é uma unidade que não pode ser desconsiderada e para o país também é importante, viu-se na comparação que o secretário de Estado das Comunidades fez entre a relação positiva das origens das exportações e dos destinos turísticos e destinos da emigração», esclareceu.

Durante a apresentação do GAE, o secretário de Estado das Comunidades, José Luís Carneiro reforçou o papel da diáspora na promoção das exportações nacionais.

«Os dez países de destino da emigração portuguesa que se estão a consolidar nos últimos cinco, seis, sete anos são oito europeus e Angola e Moçambique. E se verificarmos quais os países onde as exportações portuguesas mais têm crescido reparamos que são os países onde temos grandes diásporas portuguesas», destacou.

O mesmo se passa com os países onde Portugal mais compra e o secretário de Estado acredita que o turismo terá o mesmo reflexo.

“Estou à espera dos dados do Turismo de Portugal, mas estou convencido que os números do turismo mostrarão que uma parte significativa daqueles que nos visitam tem na diáspora portuguesa a primeira fonte de promoção externa do nosso país”, revelou José Luís Carneiro.

Para José Luís Carneiro, este gabinete «traduz-se na chave de uma porta que está na direção dos serviços consulares e das comunidades portuguesas, que faz a relação deste município com esta rede consular e diplomática» que existe em «350 representações consulares e diplomáticas em todo o mundo».

O governante reforçou que, em três anos, o governo criou 44 GAE, existindo, neste momento 144, dos quais quatro estão em “grandes freguesias”.

«Conseguimos cumprir um outro objetivo, que era o de alargar os gabinetes a todo o território nacional”, disse, ao referir que este serviço dá também resposta do “ponto de vista empresarial e económico”, porque “os GAE de nova geração articulam-se também com o Gabinete de Apoio ao Investidor da Diáspora, que faz a articulação com a AICEP [Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal]».

 

Regiões de Portugal interessadas em receber o Encontro de Investidores da Diáspora

O presidente da Câmara de Pombal desafiou ainda o secretário de Estado a realizar alguns encontros da diáspora na região de Leiria, no âmbito da Comunidade Intermunicipal de Leiria.

«Não temos só essa ligação riquíssima a muitos empresários, como eles mantêm uma ligação de proximidade com o município», salientou.

«Hoje cumprimos o que apresentámos há um ano, mas não paramos por aqui. Também queremos o Encontro de Investidores da Diáspora na região de Leiria. A minha proposta é que Comunidade Intermunicipal de Leiria leve essa sugestão ao próximo conselho executivo, porque acho que deve ser um projeto de âmbito multimunicipal», afirmou Diogo Mateus.

Por sua vez, José Luís Carneiro, realçou que, a um mês de Penafiel receber o III Encontro de Investidores da Diáspora, já existem candidaturas de regiões que querem receber o evento até 2021.

«Isto demostra bem que esta é uma aposta ganha e que temos de continuar a desenvolver uma aprofundamento da iniciativa para que ela se venha a revelar cada vez mais importante, para criar oportunidades de investimento em Portugal e também para apoiar aqueles que se querem internacionalizar a partir das comunidades portuguesas no estrangeiro», disse José Luís Carneiro, revelando que já há candidaturas para que o encontro se faça na região do Dão, na região do Algarve e o interesse da CIM de Leiria.

«As candidaturas têm de ser formalizadas e a decisão final será do ministro dos Negócios Estrangeiros», concluiu.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Mensagem de Natal para os leitores da revista PORT.COM
Marcelo Rebelo de Sousa
Presidente da República
Manaus, seiva d'ouro
Jack Soifer
Consultor Internacional
Oportunidade de encontro com o país e com uma região
José Luís Carneiro
Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas
DISCURSO DIRETO
Quo Vadis?
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
«Tinha o sonho de ter um hotel em NY e consegui concretizá-lo»
Alfredo Pedro, empresário
PORTUGAL
«A CPLP oferece um extraordinário e estratégico instrumento»
Secretária Executiva da CPLP
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ