ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Portugueses apreensivos com ausência de Portugal da posse de Nicolás Maduro
Revista PORT.COM • 10-Jan-2019
Portugueses apreensivos com ausência de Portugal da posse de Nicolás Maduro



Membros da comunidade lusa radicada na Venezuela manifestaram apreensão pela ausência de representantes de Portugal da posse de Nicolás Maduro para um segundo mandato presidencial, esta quinta-feira.

«Vi a notícia [de que Portugal não estará presente] e fiquei preocupado com isso. Até agora Portugal sempre esteve presente em tudo, mas agora não vai estar, acho que deve estar a receber uma forte pressão da parte dos países da União Europeia e por isso decidiu não estar presente», disse um conselheiro da comunidade portuguesa à agência Lusa, insistindo que falava a título pessoal e não como membro do Conselho das Comunidades Portuguesas.

«O nosso Governo tem estado sempre pendente de cuidar a comunidade portuguesa, mas não sabemos o que vai acontecer», desabafou.

A preocupação da comunidade portuguesa e lusodescendente tem também a ver com as tensões políticas internas, afirmando-se apreensivos com o futuro do país.

Vários comerciantes portugueses disseram que «não se vê saída política» para a crise venezuelana e que o país está «radicalmente dividido» entre quem apoia e quem se opõe ao Presidente, Nicolás Maduro.

«Mais além da política, qualquer coisa que aconteça vai afetar os portugueses, as condições que têm para trabalhar, porque os nossos comércios estão de portas abertas ao público. Esperemos que as autoridades controlem qualquer situação de violência e possamos continuar a prestar um serviço, a servir os venezuelanos», considerou um comerciante.

O ministro português dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, revelou terça-feira que Portugal não estará representado na tomada de posse do novo mandato do Presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, uma posição adotada pelos países da União Europeia, que não reconhece as eleições presidenciais de maio passado.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Portugal hoje, um país que incentiva ao regresso
Paulo Pisco
Deputado do PS eleito pelos portugueses na Europa
De olhos postos em África com uma estratégia de futuro
Peter Dawson
Presidente do grupo Garland
Não há tempo para se perder tempo!
Vítor Ramalho
Secretário-Geral da UCCLA
DISCURSO DIRETO
O português que ajudou a 'erguer' as memórias do World Trade Center
Luís Mendes, arquiteto
ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA
«Mobilidade no espaço da lusofonia é um dos maiores desafios»
Teresa Ribeiro, SENEC
PORTUGAL
The last man on the moon
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ