ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Lusodescendentes preparam campanha de promoção da língua portuguesa em França
Revista PORT.COM • 26-Jan-2019
Lusodescendentes preparam campanha de promoção da língua portuguesa em França



Quase 200 lusodescendentes, portugueses e franceses, vão reunir-se este fim de semana para preparar uma estratégia de promoção da aprendizagem da língua portuguesa em França, uma iniciativa considerada «crucial» pela embaixada portuguesa.

A reunião dos "Estados Gerais da Lusodescendência" ('États Generaux de la Lusodescendance', em francês) acontece hoje e amanhã na Casa de Portugal, em Paris, coordenada pela associação Cap Magellan.

Juntando cerca de 150 estruturas associativas, empresários, estudantes e professores, entre lusodescendentes, portugueses e franceses, esta reunião será integralmente dedicada à promoção da língua portuguesa.

O embaixador português em Paris, Jorge Torres Pereira, considerou que a segunda edição deste encontro debruça-se sobre um tema «crucial para o desenvolvimento sustentado da relação bilateral» Portugal-França: «a mobilização de esforços para que a língua portuguesa ganhe efetivamente a 'batalha do paradigma', e deixe de ser vista como uma língua de uma comunidade - 'une langue d'immigration' ['uma língua de imigração'] - assumindo o seu lugar natural entre as 'deuxièmes' [segundas] ou 'troisièmes langues' [terceiras línguas] a serem aprendidas pelas crianças e jovens em França».

Tal como o diplomata, outras figuras da comunidade, mas também do ensino em França, marcarão presença neste encontro. Christophe Chaillot, responsável pela cooperação educativa do Instituto Francês e Sophie Sellier, diretora de comunicação do mesmo instituto, vão partilhar a experiência da francofonia no mundo, assim como Anne-Dominique Valieres, inspectora geral da Educação Nacional, participará nos trabalhos.

Para a organização do evento, o português está «muito aquém» das suas possibilidades, atrás do espanhol, alemão e até italiano, sendo assim necessário dar ferramentas às associações e aos lusodescendentes para promoverem a aprendizagem da língua de Camões.

«Escolhemos o eixo da língua portuguesa porque há muito trabalho a fazer e quando comparamos o português com o espanhol, o alemão ou o italiano, está aquém das suas possibilidades em termos de ensino. Vamos tentar construir uma verdadeira campanha para a promoção da língua portuguesa para convencer os decisores locais a abrir novas turmas de português», disse Anna Martins, presidente da Cap Magellan, em declarações à agência Lusa.

A iniciativa vai ainda contar com a participação no domingo do eurodeputado Carlos Zorrinho, que falará sobre educação e inovação, e com a apresentação do projeto Portugal Maior, do músico João Gil.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Defender a União Europeia e os direitos de cidadania
Paulo Pisco
Deputado do PS
Saibamos aumentar a participação cívica das nossas comunidades
José Cesário
Deputado do PSD
O retrato dos votos da emigração
José Caria
Diretor-adjunto da PORT.COM
DISCURSO DIRETO
Dia de Portugal e 5.º aniversário da Revista PORT.COM
Marcelo Rebelo de Sousa
PORTUGAL
Língua portuguesa, um passaporte para o presente e para o futuro
Luís Faro Ramos, pres. do Camões I.P.
PORTUGAL
Função de grande responsabilidade e relevância social
José Luís Carneiro, SEC
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ