ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Instituto Português Além-Fronteiras «fará a diferença» na Califórnia
Revista PORT.COM • 15-Fev-2019
Instituto Português Além-Fronteiras «fará a diferença» na Califórnia



O novo Instituto Português Além-Fronteiras em Fresno «fará a diferença» na análise do percurso feito pela diáspora «portuguesa e açoriana» na Califórnia, disse o presidente do Governo regional dos Açores, Vasco Cordeiro, na cerimónia de inauguração.

A iniciativa estabelecida na Universidade Estadual da Califórnia, Fresno irá também «lançar os alicerces para uma presença esclarecida» da comunidade lusa no Estado, onde mais de 70% dos cerca de 346 mil luso-americanos registados são originários dos Açores.

«Estamos todos conscientes de que este instituto não é apenas para o passado e para a memória», afirmou o presidente do Governo açoriano.

«Deve ser também para projetar o nosso futuro conjunto», sublinhou, falando da necessidade de se «construir em cima do sucesso» e de «criar novas dinâmicas» para a continuidade da relação entre a Califórnia e os Açores.

O diretor do instituto, Diniz Borges, caracterizou o evento como «histórico» para a comunidade luso-americana «do vale central e de toda a Califórnia» e considerou que o instituto é «único» pela abrangência transversal que terá na universidade.

Os dois primeiros projetos do Portuguese Beyond Borders Institute, a sua designação oficial em inglês, passam pela criação de um arquivo das histórias orais da imigração portuguesa na Califórnia e a organização de um ciclo de palestras ligadas à comunidade.

A primeira destas palestras foi feita por Vasco Cordeiro, após a inauguração do instituto, sob o tema "Os Açores no Século XXI".

O presidente do executivo insular indicou que a sua presença no evento «simboliza mais» que um Governo ou uma pessoa e que nem a passagem do tempo ou as dificuldades fizeram desvanecer a ligação entre os Estados Unidos e os Açores, considerando que o instituto é «a prova viva» disso mesmo.

Vasco Cordeiro indicou também a intenção do Governo açoriano de se «associar formalmente ao desenvolvimento futuro do instituto» e anunciou a doação de 500 livros sobre história, literatura e outros temas relacionados com os Açores à biblioteca do Portuguese Beyond Borders Institute.

Com sede na Universidade Estadual de Fresno, a coordenação do instituto será feita entre a Faculdade de Ciências Sociais, a Faculdade de Artes e Humanidades e a Faculdade de Ciências e Tecnologias Agrícolas.

O orçamento inicial de 130 mil dólares foi atribuído pela Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento (FLAD), representada na inauguração pelo diretor Miguel Vaz.

A reitora da Faculdade de Ciências Sociais, Michelle DenBeste, sublinhou a importância da existência de uma área de estudos dedicada aos Portugueses na universidade estadual, dizendo que tal permitirá aos estudantes «construírem relações com a comunidade portuguesa» e «integrar as suas histórias» na História.

O reitor da Faculdade de Artes e Humanidades, Saúl Jimenez-Sandoval, descreveu o instituto como uma forma de honrar «a memória de ter que deixar a pátria» e disse que é «fundado no amor por uma língua que é única».


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Portugal hoje, um país que incentiva ao regresso
Paulo Pisco
Deputado do PS eleito pelos portugueses na Europa
De olhos postos em África com uma estratégia de futuro
Peter Dawson
Presidente do grupo Garland
Não há tempo para se perder tempo!
Vítor Ramalho
Secretário-Geral da UCCLA
DISCURSO DIRETO
O português que ajudou a 'erguer' as memórias do World Trade Center
Luís Mendes, arquiteto
ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA
«Mobilidade no espaço da lusofonia é um dos maiores desafios»
Teresa Ribeiro, SENEC
PORTUGAL
The last man on the moon
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ