ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Padeiro português distribui pão gratuitamente na Venezuela
Revista PORT.COM • 20-Fev-2019
Padeiro português distribui pão gratuitamente na Venezuela



Cristiano Sousa, de 82 anos, começou a sua atividade quando ainda era adolescente e, hoje, tem uma das maiores fábricas de Caracas.

O português, natural de Coimbra, iniciou a atividade de distribuição de pão numa motorizada, em 1955, com apenas 17 anos. Atualmente, é dono de uma das maiores fábricas de Caracas, na Venezuela, e refere que distribui muito pão diariamente, fruto da fome que reina no país.

Cristiano Sousa admite que se encontra muito desiludido com a situação que atualmente se vive na Venezuela, afirmando que se «passa muita fome», incluindo cidadãos portugueses. Contudo, revela que, apesar da crise, o negócio do pão não foi afetado, visto que é um dos produtos mais baratos que existe no mercado.

O lusodescendente revela que lhe «parte o coração» ver pessoas a pedirem-lhe auxílio, razão pela qual afirma nunca negar ajuda a ninguém. Cristiano Sousa acrescenta que os seus principais clientes são luso descendentes, gregos e italianos, compondo cerca de 60% de toda a sua clientela.

Atualmente, a empresa de Cristiano conta com 34 funcionários, sendo que os fornos iniciam a produção às duas da manhã e só são desligados por volta das oito da noite.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Portugal hoje, um país que incentiva ao regresso
Paulo Pisco
Deputado do PS eleito pelos portugueses na Europa
De olhos postos em África com uma estratégia de futuro
Peter Dawson
Presidente do grupo Garland
Não há tempo para se perder tempo!
Vítor Ramalho
Secretário-Geral da UCCLA
DISCURSO DIRETO
O português que ajudou a 'erguer' as memórias do World Trade Center
Luís Mendes, arquiteto
ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA
«Mobilidade no espaço da lusofonia é um dos maiores desafios»
Teresa Ribeiro, SENEC
PORTUGAL
The last man on the moon
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ