ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Associações portuguesas nos EUA e em França recolhem donativos para Moçambique
Revista PORT.COM • 23-Mar-2019
Associações portuguesas nos EUA e em França recolhem donativos para Moçambique



A New York Portuguese American Leadership Conference (NYPALC), uma associação de 68 organizações portuguesas do Estado de Nova Iorque, e a Associação de Moçambicanos e Amigos de Moçambique em França – AMAMOZ – lançaram esta semana uma campanha de recolha de donativos para as vítimas do ciclone Idai em Moçambique.

A campanha da NYPALC estende-se por toda a área do estado de Nova Iorque e foi iniciada esta semana depois de contactos da associação com a Cruz Vermelha, a Agência de Desenvolvimento Internacional dos Estados Unidos, a Agência Federal de Gestão de Emergências e com permanente contacto com a Embaixada de Moçambique em Washington.

A campanha "Together for Mozambique" ("Juntos por Moçambique") pretende recolher vários materiais de ajuda às dezenas de milhares de pessoas que ficaram sem casa na passagem do ciclone Idai por Moçambique, no dia 14 de março.

Roupa, mantas, produtos de higiene, conservas de comida, leite em pó e pastilhas de purificação de água são os donativos que a iniciativa vai recolher, para que seja enviado pelo menos um contentor de carga com donativos para Moçambique, por via marítima.

A presidente da organização sem fins lucrativos NYPALC, Isabelle, Coelho-Marques, disse à agência Lusa que a campanha encontra-se na fase inicial, mas com uma base sólida de apoiantes.

«Estamos na parte inicial desta campanha, onde temos assegurado o apoio e a participação ativa dos centros comunitários portugueses no Estado de Nova Iorque para recolher, organizar e embalar todos os materiais que se recolham durante a campanha», disse Isabelle Coelho-Marques.

A campanha tem também uma iniciativa de recolha de dinheiro via internet, para que, com os fundos recolhidos, se comprem mais produtos.

Em França, a Associação de Moçambicanos e Amigos de Moçambique em França – AMAMOZ – também está a promover uma recolha de fundos em França para ajudar as vítimas do ciclone Idai em Moçambique e o dinheiro angariado vai ser entregue diretamente às autoridades do país.

«Isto não é um hábito para nós, somos uma associação ligada à cultura e à divulgação do país, mas não dá para ficar insensível ao que está a acontecer, que é um desastre terrível. E, assim, lançámos esta recolha de fundos», explicou o presidente da AMAMOZ, Renaud Thomas, em declarações à agência Lusa.

O apelo está a ser difundido nas redes sociais em França, mas também nas rádios e nas televisões no país, com a associação a ter a expectativa de angariar mais dinheiro do que inicialmente esperava.

Os fundos serão recolhidos até segunda-feira e depositados, posteriormente, na conta do Instituto Nacional de Gestão de Calamidades, que está a gerir a situação humanitária no país.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Significado das próximas eleições para a Assembleia da República
Paulo Pisco
Deputado do PS
Incêndios rurais: prevenir é mesmo o melhor remédio
Miguel Freitas
Sec. de Estado das Florestas
Por um regresso seguro a casa
José Artur Neves
Sec. de Estado da Proteção Civil
DISCURSO DIRETO
A emigração portuguesa para a Holanda
Daniel Bastos, Historiador
PORTUGAL
Defesa de nova visão sobre as comunidades portuguesas
José Luís Carneiro
PORTUGAL
Um eterno e constante devir....
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ