ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

São Paulo abre centro para acabar com as filas para obtenção de vistos
Revista PORT.COM • 02-Abr-2019
São Paulo abre centro para acabar com as filas para obtenção de vistos



Belo Horizonte, Brasília e Rio de Janeiro são as próximas cidades brasileiras a abrir escritórios do mesmo género.

O primeiro Centro de Solicitação de Vistos (CSV) do Brasil foi aberto em São Paulo pelo Ministério dos Negócios Estrangeiros (MNE) de Portugal e será administrado pelo mesmo, em parceria com a empresa VSF Global. De modo a agilizar os pedidos e pôr termo às filas no Consulado Geral de Portugal em São Paulo, implementou-se este escritório na Rua Butantã 434, 5.º andar - Pinheiros, onde se pode entregar documentos, fazer a entrevista e recolher dados biométricos.

O Consulado Geral de Portugal em São Paulo emitiu um comunicado em que salienta o facto de, com esta medida, os cidadãos brasileiros poder obter o seu visto de trabalho ou de estudante «com tranquilidade e evitando filas nos períodos de maior procura». O mesmo comunicado informa que brevemente serão inaugurados centros semelhantes ao de São Paulo em Belo Horizonte, em Brasília, no Rio de Janeiro e em Salvador. Até que isso suceda, o procedimento continua a ser realizado nos consulados e, na zona sul do país, nos vice-consulados de Curitiba e Porto Alegre.

O CSF estará aberto das 8H00 às 17H00 horas, mas a entrega de documentos deve ser feita entre as 8H00 e as 15H00 horas. Para formalizar pedidos e obter informações, deve consultar o site da VFS Global.

Com mais de 85 mil residentes oficiais, os brasileiros formam a maior comunidade estrangeira de Portugal e, de acordo com o Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF), houve um aumento significativo de residentes no último ano. Em 2017 foram concedidas mais de 12 mil cidadanias em São Paulo e no início do ano passado os estudantes brasileiros eram também mais de 12 mil.

De acordo com o Governo português, há perto de 40 mil pedidos de cidadania portuguesa pendentes. Anabela Pedroso, secretária de Estado da Justiça, informou que a maioria desses pedidos é brasileira.

Uma alteração na lei de concessão de cidadanias alargou o benefício aos netos de portugueses. Em 2018, dos 6348 pedidos de nacionalidade, 85% eram de brasileiros (5412).


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
A relação entre Portugal e a sua Diáspora...
José Luís Carneiro
Implicações políticas da participação eleitoral nas comunidades
Paulo Pisco
Deputado do PS
Porque não te calas?
José Caria
Diretor-Adjunto PORT.com
DISCURSO DIRETO
ENTREVISTA
Berta Nunes, secretária de Estado das Comunidades
PORTUGAL
ENTREVISTA
António Saraiva, Presidente da CIP
PORTUGAL
ENTREVISTA
Luís Faro Ramos, Presidente do Camões I.P.
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ