ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Portugal vai trabalhar para consolidar relação institucional com Canadá
Revista PORT.COM • 07-Mai-2019
Portugal vai trabalhar para consolidar relação institucional com Canadá



O secretário de Estado das Comunidades mostrou-se esta terça-feira satisfeito após a visita oficial ao Canadá, afirmando que vai trabalhar para «consolidar o reforço das relações institucionais canadianas».

«Há um esforço de reforço dos meios humanos nos postos consulares, de modernização de serviços, um esforço de reforço do ensino da língua e da cultura portuguesa e que há um reforço das relações institucionais com as autoridades canadianas que deve continuar no futuro e que se deve consolidar», disse.

O governante falava à agência Lusa, na Casa do Alentejo de Toronto, num encontro com a comunidade portuguesa, antes da partida para Lisboa.

José Luís Carneiro prometeu ainda que «é para a consolidação desse trabalho» que o Governo vai «naturalmente trabalhar e manifestar toda a sua disponibilidade».

A visita do secretário de Estado das Comunidades teve início no dia 02 de maio, em Montreal, em encontros com o movimento associativo local, passando por Kingston e Otava, onde José Luís Carneiro teve uma importante reunião com o ministro da Imigração do Canadá Ahmed Hussen.

O reforço dos meios humanos nos consulados no Canadá (Toronto, Vancouver e Montreal) com mais oito funcionários é motivo de satisfação para o governante.

«Esse esforço tem que continuar porque houve uma perda ao longo dos anos dos funcionários no Canadá, alguns que estão a alcançar a idade de aposentação, e é necessário prevenir com o tempo essa necessidade da sua substituição», frisou.

O aumento da validade do cartão de cidadão de cinco para dez anos e o novo modelo de passaporte com um maior número de páginas são ferramentas «muito positivas» para as comunidades portuguesas no estrangeiro, notou.

«São duas decisões que evitam tanto as deslocações como as despesas e perdas de tempo na deslocação aos serviços consulares», destacou José Luís Carneiro, realçando ainda algumas «medidas relativas à atribuição de nacionalidade a filhos e netos de portugueses».

As alterações à lei eleitoral implementadas em 2018, e que vão entrar em vigor já nas eleições Europeias de 26 de maio, com o recenseamento automático, com o aumento do número de eleitores para quase 1,5 milhão, é motivo de “contentamento da comunidade”.

Esta segunda-feira, o secretário de Estado das Comunidades e a vice-presidente da Câmara Municipal de Toronto, a luso-canadiana Ana Bailão, assinaram na autarquia canadiana, um memorando de entendimento, entre o ministério dos Negócios Estrangeiros e a Câmara Municipal de Toronto, num reconhecimento oficial pelo contributo prestado pela comunidade portuguesa.

«O acordo que foi estabelecido com a Câmara Municipal de Toronto para abrir esta instituição às iniciativas desportivas, culturais, recreativas e políticas da comunidade portuguesa, estimulando uma cidadania mais comprometida com a vida do município de Toronto o que é um resultado muito positivo», explicou.

José Luís Carneiro vai regressar ao Canadá na próxima semana, estando agendados encontros com a comunidade portuguesa na província de Alberta (oeste). Segundo dados do governo canadiano, residem mais de 480 mil portugueses e lusodescendentes no país.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
A relação entre Portugal e a sua Diáspora...
José Luís Carneiro
Implicações políticas da participação eleitoral nas comunidades
Paulo Pisco
Deputado do PS
Porque não te calas?
José Caria
Diretor-Adjunto PORT.com
DISCURSO DIRETO
Mar de Sonhos – a emigração nos vapores transatlânticos
Daniel Bastos, Historiador
PORTUGAL
ENTREVISTA
Berta Nunes, secretária de Estado das Comunidades
PORTUGAL
ENTREVISTA
António Saraiva, Presidente da CIP
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ