ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Consulados portugueses no Reino Unido reforçam deslocações e atendimento exterior
Revista PORT.COM • 16-Jun-2019
Consulados portugueses no Reino Unido reforçam deslocações e atendimento exterior



Reforço foi anunciado após uma avaliação feita pelos próprios postos e possibilitada pelo reforço de funcionários, através do envio de uma missão de 11 técnicos do Ministério dos Negócios Estrangeiros, Serviço de Estrangeiros e Fronteiras e do Instituto dos Registos e Notariado.

Os consulados de Portugal no Reino Unido reforçaram as deslocações de funcionários a outras partes do país previstas para este ano, aumentando o número de 35 para 44 permanências consulares, no âmbito do plano de contingência para o Brexit.

As permanências consulares, como é designada a deslocação de funcionários a regiões remotas, por exemplo na Escócia ou Irlanda do Norte, permitem a realização de atos consulares e chegar a portugueses que, de outra forma, teriam de viajar centenas de quilómetros.

No programa inicial, estavam programadas 16 deslocações pelo consulado de Londres e 19 pelo de Manchester, equivalentes a 93 dias de atendimento exterior, um aumento de 13% face às 31 realizadas em 2018, correspondentes a 82 dias de atendimento.

Entretanto, os dois postos anunciaram que vão estender este serviço, aumentando o número de deslocações a algumas localidades e adicionando duas à lista; Bristol, no sul de Inglaterra, e Boston, no norte, indicou o gabinete do secretário de Estado das Comunidades Portuguesas, José Luís Carneiro.

Assim, este ano estão projetadas 44 permanências consulares, que representam 128 dias de atendimento fora dos consulados.

Este reforço foi anunciado após uma avaliação feita pelos próprios postos e possibilitada pelo reforço de funcionários, nomeadamente através do envio de uma missão de 11 técnicos do Ministério dos Negócios Estrangeiros, Serviço de Estrangeiros e Fronteiras e do Instituto dos Registos e Notariado.

O consulado-geral de Londres já realizou visitas este ano a St. Helier, na Ilha de Jersey, Thetford, Hamilton, nas Bermudas, Great Yarmouth, Peterborough, Plymouth e Bristol, algumas das quais esgotaram as vagas para os pedidos de cartões de cidadão e passaporte.

Até ao final do ano, vai repetir deslocações a St. Helier (9 a 11 julho e 8 a 10 outubro), Thetford (3 a 4 dezembro), Great Yarmouth (25 a 27 de junho, 17 a 18 setembro e 19 a 20 novembro), Peterborough (2 a 3 de julho e 18 a 19 de dezembro), Plymouth (5 a 6 de novembro), St. Helier (9 e 11 de julho e 8 e 10 de outubro) e Bristol, de 6 a 8 de agosto.

O consulado de Manchester já visitou Glasgow, Edimburgo e Aberdeen, na Escócia, Portadown, na Irlanda do Norte, Cardiff e Wrexham, no País de Gales, Grantham e Boston, em Inglaterra.

Até ao final de dezembro, tem novas deslocações previstas a Grantham (21 a 25 de outubro), Portadown (9 a 11 de julho, 24 a 27 de setembro, 26 a 29 de novembro), Cardiff (24 a 26 de julho, 23 a 27 de setembro, 11 a 13 de dezembro), Edimburgo (17 a 21 de junho, 09 a 11 de outubro), Leicester (25 a 28 de junho, 7 a 11 de outubro e 12 a 15 de novembro), Newcastle (5 a 6 de setembro), Aberdeen (9 a 13 de setembro) e Ilha de Man (23 a 25 de outubro).

O reforço faz parte de um plano de contingência que inclui o alargamento do horário de atendimento durante a semana iniciado no início deste mês nos dois postos e a abertura do consulado de Manchester ao sábado em semanas alternadas até ao final do ano.

Foi ainda aberta o centro de atendimento “Linha Brexit”, que presta esclarecimentos por telefone (+44 203 636 8470) e por e-mail (cac.ru@ama.pt) e faz marcações para o atendimento nos dois postos.

O plano de contingência visa responder a um aumento de procura dos postos consulares para a emissão de documentos de identificação, necessários para a candidatura ao estatuto de residente no Reino Unido, obrigatório após a saída deste país da União Europeia.

Estima-se que residam no Reino Unido cerca de 400 mil portugueses.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
InPortugal 2020 Paris quer desenvolver nova rede de embaixadores
Ricardo Simões
Diretor do InPortugal
Pacto Ecológico Europeu – uma primeira avaliação
Francisco Ferreira
Presidente da Direção da ZERO
Nação luso-brasileira
Igor Pereira Lopes
Jornalista e escritor
DISCURSO DIRETO
«Cada vez faz menos sentido falar de emigração»
José Cesário, Deputado do PSD
PORTUGAL
O Projeto de Mobilidade na CPLP
Augusto Santos Silva, Ministro dos Negócios estrangeiros
PORTUGAL
O Devir da Lusofonia
Isabelle de Oliveira, Investigadora
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ