ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Portugal vai pagar até 6500 euros a emigrantes ou lusodescendentes que regressem a Portugal
Revista PORT.COM • 26-Jun-2019
Portugal vai pagar até 6500 euros a emigrantes ou lusodescendentes que regressem a Portugal



Governo orçamentou 10 milhões de euros destinados para esta medida.

O Estado poderá pagar até 6.500 euros a emigrantes ou lusodescendentes que regressem a Portugal para trabalhar.

A medida faz parte do Programa Regressar, que foi aprovado pelo Governo em março, com o apoio do Instituto do Emprego e Formação Profissional (IEFP), e entra em vigor no início de julho. 

Segundo o jornal Público, só para este ano, o Governo orçamentou 10 milhões de euros destinados para esta medida, que pode vir a beneficiar 1500 pessoas.

De acordo com o mesmo jornal, serão pagos vários apoios aos emigrantes ou lusodescendentes que regressem ao país para trabalhar, que podem chegar aos 6534,4 euros por família. Entre estes apoios está por exemplo a comparticipação das despesas das viagens.

Assim, o IEFP irá começar por atribuir um subsídio de 2614,56 euros, acrescentado depois os custos da viagem do trabalhador e família com um limite de 1307 euros.

O IEFP soma ainda mais 871,52 euros pelo transporte de bens e uma comparticipação para as despesas com o reconhecimento das qualificações académicas ou profissionais até 435,76 euros.

O programa é destinado a emigrantes que tenham saído de Portugal até dezembro de 2015, que tenham vivido fora pelo menos 12 meses e que iniciem atividade laboral, com contrato de trabalho em território nacional, entre 1 de janeiro deste ano e 31 de dezembro de 2020.

Também lusodescendentes têm de ter um contrato de trabalho em Portugal por conta de outrem.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
InPortugal 2020 Paris quer desenvolver nova rede de embaixadores
Ricardo Simões
Diretor do InPortugal
Pacto Ecológico Europeu – uma primeira avaliação
Francisco Ferreira
Presidente da Direção da ZERO
Nação luso-brasileira
Igor Pereira Lopes
Jornalista e escritor
DISCURSO DIRETO
«Cada vez faz menos sentido falar de emigração»
José Cesário, Deputado do PSD
PORTUGAL
O Projeto de Mobilidade na CPLP
Augusto Santos Silva, Ministro dos Negócios estrangeiros
PORTUGAL
O Devir da Lusofonia
Isabelle de Oliveira, Investigadora
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ