ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Encontro da Diáspora de Arcos de Valdevez juntou 40 associações de sete países
Revista PORT.COM • 21-Ago-2019
Encontro da Diáspora de Arcos de Valdevez juntou 40 associações de sete países



Convívio representa a vontade do município, do movimento associativo e dos emigrantes em participar no desenvolvimento dos Arcos de Valdevez.

Mais de 80 emigrantes, representantes de 40 associações sedeadas em sete países, marcaram presença na 6.ª edição do Encontro com a Diáspora, levado a cabo pela Câmara Municipal de Arcos de Valdevez.

A receção ao grupo teve lugar no salão nobre da Câmara Municipal dos Arcos de Valdevez, depois seguiram rumo ao Centro Interpretativo do Barroco, terminando em Soajo com uma visita pela vila e à eira dos espigueiros.

Este encontro, que ano após ano tem mostrado a sua força, tem como principal objetivo reforçar os laços entre a vasta comunidade de emigrantes e a sua terra natal, em termos culturais, sociais, turísticos e empresariais. Por outro lado, permite também dar mais notoriedade ao concelho e atrair mais investimento empresarial e turístico.

Para João Manuel Esteves, presidente da Câmara de Arcos de Valdevez, este encontro é muito importante porque permite “uma maior proximidade com a Diáspora, essencial no reforço da nossa identidade, na promoção da nossa cultura e é um meio de divulgação do nosso concelho e das nossas potencialidades, atraindo mais pessoas, nomeadamente conterrâneos, investidores e visitantes para Arcos de Valdevez”.

“Queremos que Arcos de Valdevez seja cada vez mais um bom concelho para viver, trabalhar, visitar e regressar”, disse também o autarca, afirmando que o concelho tem várias oportunidades para a comunidade emigrante.

Para reforçar o envolvimento com a comunidade emigrante, o autarca arcuense criou um pelouro específico dedicado às relações com a Diáspora, no sentido de promover um diálogo mais intenso entre a autarquia e a vasta comunidade de emigrantes espalhada pelo mundo.

Outra das medidas foi a criação do Gabinete de Apoio ao Emigrante (GAE) para esclarecer e encaminhar os emigrantes na resolução dos problemas de uma forma mais rápida e eficaz.

Recorde-se que o Município de Arcos de Valdevez tem visitado as comunidades no estrangeiro, participado em iniciativas de promoção cultural, recreativa e económicas organizadas pelos conterrâneos e tem celebrado protocolos de cooperação com autarquias estrangeiras.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
4 pilares para a prevenção de Alzheimer
George Perry
Diretor da Fac. de Ciências da Univ. do Texas
Significado das próximas eleições para a Assembleia da República
Paulo Pisco
Deputado do PS
Incêndios rurais: prevenir é mesmo o melhor remédio
Miguel Freitas
Sec. de Estado das Florestas
DISCURSO DIRETO
A emigração portuguesa para a Holanda
Daniel Bastos, Historiador
PORTUGAL
Defesa de nova visão sobre as comunidades portuguesas
José Luís Carneiro
PORTUGAL
Um eterno e constante devir....
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ