ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Livro narra emigração dos Açores para a América por via da caça à baleia
Revista PORT.COM • 08-Jan-2020
Livro narra emigração dos Açores para a América por via da caça à baleia



A Associação dos Emigrantes Açorianos acaba de lançar um livro infantojuvenil, que narra a história dos primeiros açorianos que chegaram aos Estados Unidos da América, por via da caça à baleia, no século XVIII.

O presidente da associação, Rui Faria, coordenador histórico do livro “Açores, uma caça ao sonho americano”, numa edição bilingue, com 1.500 exemplares, declarou à agência Lusa que a obra não é dedicada exclusivamente às gerações mais novas com o intuito de conhecerem a emigração açoriana, sendo transversal a todos os que desconhecem esta realidade.

Nos Estados Unidos da América, estima-se que existam 1,5 milhões de emigrantes portugueses de origem açoriana, tendo os naturais do arquipélago ficado concentrados predominantemente em estados como Massachusetts e Rhoad Island, na costa leste, e na Califórnia, na costa do Pacífico, de forma mais intensa na década de 60 do século XX, sendo hoje a emigração residual.

Para Rui Faria, é importante que «não se perca a memória da emigração para a América junto dos filhos e netos que estão a nascer nas comunidades, e também das novas gerações nos Açores», recordando que o fenómeno começou através da presença dos barcos baleeiros, oriundos da Nova Inglaterra, que tocavam o arquipélago para comprar bens, mas também para caçar os cetáceos existentes nas águas açorianas.

Com textos da escritora Patrícia Carreira, o livro conta com ilustrações do professor Romeu Cruz, tradução para inglês de Cristina Oliveira e vai estar disponível na costa Leste dos Estados Unidos a partir de fevereiro.

O presidente da Associação dos Emigrantes Açorianos – que pretende que as «novas comunidades açorianas não se desliguem da memória dos pais e dos avós que emigraram dos Açores» – refere que as receitas da obra vão reverter para a edição de um novo livro, em maio, sobre a história da emigração açoriana para o Canadá, segundo país de destino dos açorianos, que arrancou em 1953.

A Associação dos Emigrantes Açorianos pretende a partir do lançamento do livro “Açores, uma caça ao sonho americano” passar a editar todos os anos obras que promovam o patrimônio da emigração açoriana.

A emigração açoriana contempla, ainda nos Estados Unidos, o Havai, e o arquipélago das Bermudas e o Brasil.

A Associação de Emigrantes Açorianos é um organismo independente, com sede nas instalações do Museu da Emigração Açoreana, na Ribeira Grande, ilha de São Miguel, sendo a sua direção formada por elementos de várias ilhas dos Açores,


Etiquetas
Partilhar

NOTÍCIAS RELACIONADAS
OPINIÃO
Os efeitos do medo do coronavírus...
Daniel Bastos
Historiador
Novo Coronavírus provoca epidemia com desfecho imprevisível
Alfredo Martins
Internista e Coordenador do NEDResp
InPortugal 2020 Paris quer desenvolver nova rede de embaixadores
Ricardo Simões
Diretor do InPortugal
DISCURSO DIRETO
A Fundação ISS e o apoio na África Lusófona
Eulalia Devesa, Diretora da Fundação ISS Mais Um Sorriso
PORTUGAL
«Cada vez faz menos sentido falar de emigração»
José Cesário, Deputado do PSD
PORTUGAL
O Projeto de Mobilidade na CPLP
Augusto Santos Silva, Ministro dos Negócios estrangeiros
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ