ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Embaixador em Espanha pede à comunidade portuguesa para seguir recomendações
Revista PORT.COM • 16-Mar-2020
Embaixador em Espanha pede à comunidade portuguesa para seguir recomendações



O embaixador de Portugal em Espanha pediu à comunidade portuguesa neste país que cumpra «estritamente» as recomendações das autoridades espanholas na luta contra o novo coronavírus para dar «um bom exemplo de cidadania».

“Peço-vos que cumpram estritamente as recomendações das autoridades espanholas”, disse João Mira Gomes numa “mensagem” à comunidade portuguesa em Espanha, sublinhando que esta é “mais uma oportunidade” de esta dar “um bom exemplo de cidadania”.

O diplomata pede a todos os portugueses em Espanha para ler “com atenção” os comunicados do Governo espanhol e, em particular, dos serviços de saúde.

“Entrou em vigor o ‘Estado de Alerta’ (que em Portugal equivale ao Estado de Emergência); se todos formos responsáveis, poderemos sair dele o mais cedo possível”, afirma João Mira Gomes.

O representante de Portugal, também informa que a Embaixada, os Consulados-Gerais e os postos consulares em território espanhol, apesar de encerrados para atendimento ao público, “continuam operacionais” para intervir em situações de comprovada urgência e para ajudar todos aqueles que necessitem de apoio.

Mira Gomes conclui a mensagem sublinhando estar convencido que a comunidade vai conseguir “superar em conjunto esta crise”.

O número de mortes por coronavírus em Espanha é de 288, um aumento de 152 em relação ao meio-dia de sábado, enquanto os casos positivos somam 7.753, mais 2.000, de acordo com os dados do Ministério da Saúde espanhol.

“Gostaria de expressar a minha solidariedade a todos que estão infetados pelo vírus e um pensamento solidário para os familiares e amigos daqueles que já faleceram”, escreve João Mira Gomes.

O Governo espanhol aprovou no sábado medidas "drásticas" para combater o novo coronavírus, que incluem a proibição a todos os cidadãos de andar na rua, a não ser que seja para irem trabalhar, comprar comida ou à farmácia.

O primeiro-ministro espanhol, Pedro Sánchez, apresentou as medidas depois de uma reunião do Conselho de Ministros, no quadro do estado de alerta decretado durante quinze dias no país, o segundo mais afetado na Europa pela epidemia.

Face ao avanço da pandemia, vários países têm adotado medidas excecionais, incluindo o regime de quarentena inicialmente decretado pela China na zona do surto.


Etiquetas
Partilhar

NOTÍCIAS RELACIONADAS
OPINIÃO
Os efeitos do medo do coronavírus...
Daniel Bastos
Historiador
Novo Coronavírus provoca epidemia com desfecho imprevisível
Alfredo Martins
Internista e Coordenador do NEDResp
InPortugal 2020 Paris quer desenvolver nova rede de embaixadores
Ricardo Simões
Diretor do InPortugal
DISCURSO DIRETO
A Fundação ISS e o apoio na África Lusófona
Eulalia Devesa, Diretora da Fundação ISS Mais Um Sorriso
PORTUGAL
«Cada vez faz menos sentido falar de emigração»
José Cesário, Deputado do PSD
PORTUGAL
O Projeto de Mobilidade na CPLP
Augusto Santos Silva, Ministro dos Negócios estrangeiros
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ