ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Cabo Verde e Douro Generation assinam acordo para preservar e promover Patrimónios da Humanidade
Revista PORT.COM • 21-Jul-2017
Cabo Verde e Douro Generation assinam acordo para preservar e promover Patrimónios da Humanidade



Com a parceria, Cabo Verde e a Douro Generation alargam as suas redes de contacto e pretendem criar uma plataforma de troca de experiências sobre o trabalho desenvolvido na valorização e promoção dos respetivos Patrimónios Mundiais.

O Governo de Cabo Verde e a Associação de Desenvolvimento Douro Generation assinaram um acordo para preservar e promover os respetivos sítios classificados pela UNESCO como Património Mundial.

O acordo foi assinado entre o ministro da Cultura e das Indústrias Criativas (MCIC) cabo-verdiana, Abraão Vicente, e o vice-presidente da Douro Generation, Hernani Gouveia.

Durante a cerimónia de assinatura, Hernani Gouveia assinalou que se trata do primeiro passo para se trabalhar numa rede mundial com missão de preservar e promover os patrimónios da humanidade.

“É um projeto alargado, que contribui para estreitar as relações entre os países e tem um objetivo que é utilizar bem a classificação de património da humanidade e contribuir para o desenvolvimento sustentável”, salientou o responsável.

Além da parte cultural, Hernani Gouveia salientou que será feito um trabalho a nível ambiental e socioeconómico, para os patrimónios serem uma mais-valia para as populações.

Além de valorizar e proteger os sítios Patrimónios da Humanidade, Samira Silva, do Instituto do Património Cultural (IPC) de Cabo Verde, disse que o acordo vai permitir a busca de financiamento.

A também diretora dos Museus de Cabo Verde notou que a Cidade Velha, o único sítio Património da Humanidade do arquipélago não tem ligação com o Douro, porque pertencem a categorias diferentes, mas disse que há “desafios comuns” que se colocam à gestão dos sítios.

Por sua vez, o ministro da Cultura e das Indústrias Criativas, Abraão Vicente, disse que o acordo é o primeiro passo para abrir portas e construir parcerias em que ambas as instituições ganham na presentação e conservação dos respetivos patrimónios.

“Não só a nível de financiamento, mas também na sua capacidade de atuação, de abrir portas e de empoderar essa rede mundial de sítios patrimónios da humanidade”, apontou o ministro.

A Douro Generation – Associação de Desenvolvimento (DG-AdD) foi criada em 2014 por um grupo de pessoas apaixonadas pelo património natural, cultural e humano do Alto Douro Vinhateiro, em parceria com a Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro. Tem como ambição contribuir para o desenvolvimento da região que é Património da Humanidade desde 2001.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Significado das próximas eleições para a Assembleia da República
Paulo Pisco
Deputado do PS
Incêndios rurais: prevenir é mesmo o melhor remédio
Miguel Freitas
Sec. de Estado das Florestas
Por um regresso seguro a casa
José Artur Neves
Sec. de Estado da Proteção Civil
DISCURSO DIRETO
Monumentos ao emigrante em Portugal
Daniel Bastos, Historiador
PORTUGAL
Defesa de nova visão sobre as comunidades portuguesas
José Luís Carneiro
PORTUGAL
Um eterno e constante devir....
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ