ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

CPLP aprova reunião extraordinária com observadores associados em Lisboa
Revista PORT.COM • 22-Jul-2017
CPLP aprova reunião extraordinária com observadores associados em Lisboa



A decisão consta do comunicado final da reunião dos ministros dos Negócios Estrangeiros da CPLP, realizada quinta-feira em Brasília.

A Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) anunciou que irá promover uma reunião extraordinária com os embaixadores dos países observadores associados da organização no segundo semestre deste ano, em Lisboa.

O documento frisa que "os ministros reconheceram o crescente interesse internacional pela CPLP, prova do reconhecimento e da credibilidade internacionais alcançados pela Comunidade, e reiteraram o compromisso de obter maior envolvimento dos Observadores Associados nas atividades da organização".

Para aumentar esta participação, os países da CPLP (Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste) decidiram adotar um documento chamado de "Reforço da Cooperação com os Observadores Associados".

Atualmente, são observadores do bloco a Eslováquia, Geórgia, Hungria, Japão, Ilhas Maurícias, Namíbia, República Checa, Senegal, Turquia e Uruguai.

Além destes 10 países a Argentina, Costa do Marfim e Sérvia já demonstraram interesse em associar-se a CPLP.

Os representantes dos nove Estados membros da CPLP também aprovaram uma resolução sobre o Plano de Ação de Díli, que define estratégias globais para a promoção e a difusão da língua portuguesa.

Os nove reforçaram estratégias para coordenar o desenvolvimento de um dicionário das diferentes variantes da língua portuguesa e de gramática comparativa da língua portuguesa, a partir do trabalho desenvolvido no Vocabulário Ortográfico Comum.

Também decidiram incorporar no projeto "Portal do Professor Português Língua Estrangeira" material digital relativo à difusão da língua portuguesa junto das respetivas diásporas.

Outro ponto central da reunião da CPLP em Brasília foi a aplicação dos objetivos do desenvolvimento sustentável, no cenário da Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU).

"Os ministros reiteraram o compromisso de promover o diálogo político, a troca de experiências e a cooperação, com vistas a apoiar, no âmbito da CPLP, a implementação da Agenda 2030, com seus 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável e suas 169 metas associadas", destacou o comunicado de fechamento do evento.

O documento lembra que esta agenda, no âmbito da CPLP, é cumprida numa plataforma para a troca de experiências e cooperação, para o cumprimento dos objetivos de desenvolvimento sustentável nos Estados-membros.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
A sua atitude de confiança conta: não só com o vírus...
Susana Cor de Rosa
Consultora empresarial
Os efeitos do medo do coronavírus...
Daniel Bastos
Historiador
Novo Coronavírus provoca epidemia com desfecho imprevisível
Alfredo Martins
Internista e Coordenador do NEDResp
DISCURSO DIRETO
A Fundação ISS e o apoio na África Lusófona
Eulalia Devesa, Diretora da Fundação ISS Mais Um Sorriso
PORTUGAL
«Cada vez faz menos sentido falar de emigração»
José Cesário, Deputado do PSD
PORTUGAL
O Projeto de Mobilidade na CPLP
Augusto Santos Silva, Ministro dos Negócios estrangeiros
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ