ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Guiné-Bissau confirma: Portugal disponível para conversar sobre RTP
Revista PORT.COM • 07-Ago-2017
Guiné-Bissau confirma: Portugal disponível para conversar sobre RTP



O ministro da Comunicação Social da Guiné-Bissau, Victor Pereira, anunciou ter recebido indicações do Governo português para abrir conversações para a retoma das atividades dos canais África da RTP na Guiné-Bissau.

Em declarações transmitidas pela Radiodifusão Nacional (RDN), o governante guineense referia-se a suspensão das atividades da RTP decretada por Bissau a 30 de junho.

Victor Pereira indicou que, como sempre defendeu, a decisão apenas foi motivada pela caducidade do acordo de cooperação existente entre os governos de Bissau e Lisboa no domínio da comunicação social e também pelo facto de a parte portuguesa "nunca se mostrar aberta ao dialogo" sobre o assunto.

"Felizmente nestas duas semanas tem havido uma boa nova nesse sentido de que (Portugal) quer conversar connosco", afirmou Victor Pereira, sublinhando serem falsas as alegações de que a suspensão visasse "cercear a liberdade de imprensa".

O ministro apontou as rádios privadas que operam no país, "algumas a roçarem a libertinagem", com impostos em atraso e licenças provisórias, para justificar que não é intenção do Governo interferir no funcionamento de nenhum órgão.

Victor Pereira afirmou que vários órgãos de comunicação social estrangeiros operam regularmente na Guiné-Bissau, dando o exemplo, entre outros, da agência Lusa que disse estar em conversações já para apoiar a Agência de Noticias da Guiné (ANG), no quadro da cooperação.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
A CPLP mais perto das pessoas
Francisco Ribeiro Telles
Secretário Executivo da CPLP
Gestão multicultural das equipas
António Cunha Meneses Abrantes
Professor Auxiliar na ICN Business School de Nancy
Já se ouve o Fado na Eslovénia
João Pita Costa
Editor da revista luso-eslovena Sardinha
DISCURSO DIRETO
Memórias e recordações da emigração portuguesa na Alemanha
Daniel Bastos
PORTUGAL
«Existe muita exploração laboral perpetrada por portugueses»
Luísa Semedo
FRANÇA
«Mercado chinês tem potencial para as empresas portuguesas»
José Augusto Duarte
CHINA
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ