ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

New York Times diz que ‘Portugal dominou Angola’, mas ‘agora papéis estão invertidos’
Revista PORT.COM • 23-Ago-2017
New York Times diz que ‘Portugal dominou Angola’, mas ‘agora papéis estão invertidos’



Um artigo sobre Portugal e Angola surge em destaque no site do jornal americano, fazendo parte da lista dos mais lidos.

"Portugal dominou Angola durante séculos. Agora os papéis estão invertidos" - pode ler-se na página principal do site do jornal online. A propósito das eleições de Angola, surge em destaque no site do jornal americano New York Times, um artigo que pretende demonstrar como os colonizadores se tornaram, hoje em dia, os colonizados.

Depois de algumas descrições a demonstrar a inversão de papéis, desde os condomínios de 14 andares, em Cascais, onde tantos apartamentos foram comprados pela classe alta de Angola que “o empreendimento ganhou uma alcunha: “o edifício dos Angolanos”, ou ao facto de o escritório de Isabel dos Santos se situar por cima da loja Louis Vuitton, na Av. da Liberdade, o artigo refere que as condições de ambos os países num determinado período de tempo criaram a “combinação perfeita” para que essa inversão de papéis acontecesse – Portugal a sair de uma crise financeira e Angola a aproveitar o lucro do boom do petróleo.

O artigo do New York Times, explica também que através do elevado investimento feito em Portugal, por via da compra de adegas, jornais, equipas de desporto e de outros chamados “troféus para os super ricos”, Angola conseguiu assim ter acesso à Europa e ser “catapultada em poucos anos, para o jet set mundial”.

Ao longo do texto, o autor vai citando ainda vários protagonistas de forma a tentar explicar melhor a atual relação dos dois países.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Portugal hoje, um país que incentiva ao regresso
Paulo Pisco
Deputado do PS eleito pelos portugueses na Europa
De olhos postos em África com uma estratégia de futuro
Peter Dawson
Presidente do grupo Garland
Não há tempo para se perder tempo!
Vítor Ramalho
Secretário-Geral da UCCLA
DISCURSO DIRETO
O português que ajudou a 'erguer' as memórias do World Trade Center
Luís Mendes, arquiteto
ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA
«Mobilidade no espaço da lusofonia é um dos maiores desafios»
Teresa Ribeiro, SENEC
PORTUGAL
The last man on the moon
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ