ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Equipa portuguesa de cirurgia cardiotorácica operou 17 doentes em Moçambique
Revista PORT.COM • 09-Nov-2017
Equipa portuguesa de cirurgia cardiotorácica operou 17 doentes em Moçambique



Uma equipa do serviço de Cirurgia Cardiotorácica do Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) operou com sucesso 17 doentes, a maioria crianças, em Moçambique, durante uma missão cirúrgica humanitária realizada na última semana.

"Todas as intervenções cirúrgicas foram completadas com sucesso e, à data do regresso da equipa de missão, alguns doentes já tinham tido alta hospitalar", afirma Manuel Antunes, diretor daquele serviço hospitalar, citado em nota de imprensa.

As intervenções cirúrgicas aos 17 doentes, a maioria crianças, "com doenças cardíacas congénitas e adquiridas", foram realizadas no Instituto do Coração de Maputo, em Moçambique, por uma equipa de oito elementos do CHUC.

"Para além dos cuidados médico-cirúrgicos prestados, os vários elementos da equipa participaram em ações de formação dos profissionais do Instituto onde, desde há cerca de quatro anos, já são efetuadas intervenções cirúrgicas cardíacas por uma equipa do próprio Instituto, constituída por cirurgiões e outros elementos moçambicanos, na sequência do treino recebido durante estas missões e em vários países europeus, incluindo Portugal", adianta Manuel Antunes.

A 17.ª missão anual consecutiva da equipa do serviço de Cirurgia Cardiotorácica do CHUC foi, de acordo com Manuel Antunes, parcialmente financiada pela organização não-governamental Cadeia de Esperança Portugal e apoiada por várias empresas fornecedoras de equipamentos e dispositivos médicos, tendo o grupo Visabeira oferecido o alojamento local e a TAP as viagens.

Já a Federação Portuguesa de Futebol ofereceu o equipamento da seleção nacional "a todos os jovens operados" nesta missão cirúrgica humanitária, acrescenta Manuel Antunes.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
O Festival das Migrações, Culturas e Cidadania
Daniel Bastos
Historiador
Novo Coronavírus provoca epidemia com desfecho imprevisível
Alfredo Martins
Internista e Coordenador do NEDResp
InPortugal 2020 Paris quer desenvolver nova rede de embaixadores
Ricardo Simões
Diretor do InPortugal
DISCURSO DIRETO
A Fundação ISS e o apoio na África Lusófona
Eulalia Devesa, Diretora da Fundação ISS Mais Um Sorriso
PORTUGAL
«Cada vez faz menos sentido falar de emigração»
José Cesário, Deputado do PSD
PORTUGAL
O Projeto de Mobilidade na CPLP
Augusto Santos Silva, Ministro dos Negócios estrangeiros
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ