ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Governo português presente na abertura da primeira 'eletrovia' no Brasil
Revista PORT.COM • 07-Abr-2018
Governo português presente na abertura da primeira 'eletrovia' no Brasil



O secretário de Estado Adjunto e do Ambiente de Portugal, José Mendes, marcou presença em Curitiba ao lado do governador Beto Richa, na abertura da primeira 'eletrovia' do Brasil, desenvolvida pela fornecedora de energia Copel.

A primeira 'eletrovia' brasileira abre caminho para novos projetos de mobilidade no país. Em cooperação com a tecnologia portuguesa, os dois primeiros postos de abastecimento foram inaugurados na BR-277, estrada que liga o interior do estado do Paraná, na região sul do Brasil, a Paranaguá, no litoral, numa extensão de 700 quilómetros. Ao todo, futuramente, serão oito unidades ao longo do trajeto para abastecimento de veículos elétricos. 

No evento de inauguração, o presidente da Copel, Antonio Sergio Guetter, salientou que “a troca de carros convencionais pelos elétricos vai transformar o setor de mobilidade” e que a iniciativa, pioneira no Brasil, abre caminho para o desenvolvimento dos carros elétricos. Em 2016, a frota de elétricos e híbridos no país era de apenas 2.500 veículos.

José Mendes destaca a importância do projeto desenvolvido conjuntamente pelo CEIIA – Centro para a Excelência e Inovação da Indústria Automóvel, uma associação sem fins lucrativos, com participação do Estado português, e a empresa estatal Copel em parceria com a hidroelétrica Itaipu. 

Em Portugal, a mobilidade elétrica, embora ainda tenha um longo caminho a percorrer, é já uma realidade. Segundo o Secretário de Estado do Ambiente, a rede de pontos de abastecimento ao longo das estradas do país tem vindo a aumentar de forma consistente: “Até ao final deste ano, a expansão da rede de carregamento elétrico deverá chegar a 1.600 postos”. 

Um processo em que o Estado português tem tido papel determinante, por meio de incentivos à aquisição de veículos elétricos e isenção de impostos. A política passa pela atração do setor privado para o novo mercado que se abre no setor automóvel, em sintonia com políticas ambientais que visam, numa meta global, a redução do efeito estufa.

“Entre 2016 e 2017 o número de veículos elétricos em circulação em Portugal duplicou, passando de mil para cerca de dois mil e os híbridos (movidos a energia opcional, elétrica e convencional) já são aproximadamente quatro mil”, segundo José Mendes. 

Com investimento inicial de cerca de 1, 35 milhões de euros, a Copel pretende abrir mais seis pontos de carregamento elétrico até final deste ano, em Foz do Iguaçu, Medianeira, Cascavel, Laranjeiras do Sul, Guarapuava e Irati.

 

Foto em destaque ©Mundo Lusíada


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
A relação entre Portugal e a sua Diáspora...
José Luís Carneiro
Implicações políticas da participação eleitoral nas comunidades
Paulo Pisco
Deputado do PS
Porque não te calas?
José Caria
Diretor-Adjunto PORT.com
DISCURSO DIRETO
ENTREVISTA
Berta Nunes, secretária de Estado das Comunidades
PORTUGAL
ENTREVISTA
António Saraiva, Presidente da CIP
PORTUGAL
ENTREVISTA
Luís Faro Ramos, Presidente do Camões I.P.
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ