ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Encontro literário celebra Dia da Língua Portuguesa em Brasília
Revista PORT.COM • 09-Mai-2018
Encontro literário celebra Dia da Língua Portuguesa em Brasília



Este encontro, que decorre no dia 09 de maio às 19H00 (locais), está inserido no programa de celebrações do Dia da Língua Portuguesa e da Cultura da CPLP.

O Camões – Centro Cultural Português em Brasília e a Cátedra Agostinho da Silva vão promover um encontro literário com a presença dos escritores João Pinto Coelho (Portugal) e Dany Wambire (Moçambique).

Os escritores vão abordar temas como a língua portuguesa, os seus percursos literários e os livros que publicaram.

O evento, mediado por Lúcia Helena Ribeiro, do Departamento de Teoria Literária e Literaturas da Universidade de Brasília, terá entrada livre e os livros estarão à venda no local.

O Dia Internacional da Língua Portuguesa e da Cultura da CPLP celebrou-se a 05 de maio. A data foi oficializada em 2009, no âmbito da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), com o propósito de promover o sentido de comunidade e de pluralismo dos falantes do português.

Na ocasião, Governos e sociedade civil celebram a relevância do idioma como parte da identidade dos povos lusófonos.

A comemoração possibilita chamar atenção para as questões idiomáticas e culturais da lusofonia, gerando uma integração entre os povos desses nove países.

Segundo a Embaixada de Portugal em Brasília, o Dia Internacional coloca em evidência o português como a quinta língua mais falada no mundo, a terceira mais falada no hemisfério ocidental e a mais falada no hemisfério sul.

 

Os escritores

João Pinto Coelho é formado em Arquitetura e professor de Artes Visuais. Em 2014 publicou o seu romance de estreia “Perguntem a Sarah Gross”.

Em 2017 venceu o Prémio LeYa, o maior para uma obra inédita escrita em língua portuguesa, com um valor de cem mil euros, com o romance “Os Loucos da Rua Mazur”, sendo escolhido entre quatrocentos originais, de dezoito países.

Dany Wambire (Danito Gimo da Graça Avelino) nasceu a 1 de junho de 1989, em Manica. Formou-se em educação e ensino pelo, então, Instituto Nacional de Educação de Adultos (2006-2007), e foi trabalhar para o distrito de Machanga (2008), onde lhe foi diagnosticado o ‘vírus da escrita’.

Tem dezenas de textos publicados entre os anos de 2011, 2012 e 2013, em alguns dos principais jornais do país. Licenciado em Ensino de História, com Habilitações em Geografia, pela Universidade Pedagógica de Moçambique, Dany Wambire é atualmente professor primário na Beira e diretor da Revista literária “Soletras – A sopradora de Letras”.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
A sua atitude de confiança conta: não só com o vírus...
Susana Cor de Rosa
Consultora empresarial
Os efeitos do medo do coronavírus...
Daniel Bastos
Historiador
Novo Coronavírus provoca epidemia com desfecho imprevisível
Alfredo Martins
Internista e Coordenador do NEDResp
DISCURSO DIRETO
A Fundação ISS e o apoio na África Lusófona
Eulalia Devesa, Diretora da Fundação ISS Mais Um Sorriso
PORTUGAL
«Cada vez faz menos sentido falar de emigração»
José Cesário, Deputado do PSD
PORTUGAL
O Projeto de Mobilidade na CPLP
Augusto Santos Silva, Ministro dos Negócios estrangeiros
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ