ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Países Lusófonos participam em fórum sobre construção de infraestruturas em Macau
Revista PORT.COM • 18-Mai-2018
Países Lusófonos participam em fórum sobre construção de infraestruturas em Macau



O Fórum Internacional sobre o Investimento e Construção de Infraestruturas vai receber, entre 07 e 08 de junho, representantes de cerca de 43 Estados e regiões, incluindo de países de língua portuguesa.

O evento vai contar com um seminário sobre Construção de Infraestruturas entre a China e os Países de Língua Portuguesa.

“Nos últimos anos, os países de língua portuguesa tiveram um rápido crescimento econômico e sua procura por infraestruturas é mais forte”, pode ler-se na página oficial do evento.

Os responsáveis pela organização deste Fórum frisaram ainda a crescente cooperação energética entre os países de língua portuguesa e a China.

Vai ser ainda discutido, entre “especialistas de departamentos governamentais da China e dos países de língua portuguesa” a forma como as empresas da China Continental e de Macau podem participar em projetos de infraestrutura nos países de língua portuguesa.

De acordo com um comunicado divulgado pelo Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau, a nona edição do evento vai focar-se no desenvolvimento de infraestruturas e cooperação internacional através da inovação e de novos meios tecnológicos.  Adicionalmente, o Fórum vai destacar a promoção de construção de infraestruturas nos países, no âmbito da iniciativa do Governo chinês One Belt One Road.

Anunciada pelo Presidente chinês, Xi Jinping, a iniciativa “Faixa econômica da rota da seda e a Rota da seda marítima do século XXI”, mais conhecida como “One Belt One Road”, está avaliada em 900 mil milhões de dólares, e visa reativar as antigas vias comerciais entre a China e a Europa através da Ásia Central, África e Sudeste Asiático.

O embaixador de Portugal em Pequim, José Augusto Duarte, divulgou recentemente que «Portugal tem a ambição de incluir o Porto de Sines neste projeto chinês».

“Portugal tem um interesse inequívoco em ficar conectado, com esta iniciativa, do ponto de vista econômico”, afirmou o embaixador, durante uma conversa com os jornalistas, na residência oficial do cônsul-geral de Portugal em Macau e Hong Kong.


Etiquetas
Partilhar

NOTÍCIAS RELACIONADAS
OPINIÃO
A Santa Casa da Misericórdia de Paris
Daniel Bastos
Historiador
Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades
José Cesário
Deputado
Ser português fora é ter Portugal dentro
Isabelle Coelho-Marques
Presidente da NYPALC
DISCURSO DIRETO
Portugal Maior
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
«Português é uma língua com valor universal»
Luís Faro Ramos, presidente do Instituto Camões
PORTUGAL
«A China está pronta para nos acolher»
José Augusto Duarte, Embaixador de Portugal na China
CHINA
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ