ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Macau celebra Dia de Portugal em língua portuguesa
Revista PORT.COM • 21-Mai-2018
Macau celebra Dia de Portugal em língua portuguesa



Concertos, exposições e cinema em língua portuguesa vão ocupar os espaços 'mais emblemáticos' de Macau em junho, 'o mês de Portugal' pelo terceiro ano consecutivo, anunciou o cônsul português na região.

A iniciativa - uma extensão às comemorações do 10 de Junho - não representa «uma formalidade, mas a mobilização conjunta de vários órgãos em torno da promoção de Portugal», disse Vítor Sereno durante a apresentação do programa.

O programa «mais vasto de sempre» apresenta duas grandes surpresas: um concerto de Pedro Abrunhosa e mostras inéditas de filigrana portuguesa, revelou o diplomata.

O cantor e compositor português tem concerto marcado para o dia 08 de junho no Centro Cultural de Macau. No final do mês, a "nostalgia" chega ao território com os fados de Coimbra, no teatro D.Pedro V. Mas nem só de música vive o alinhamento.

No cinema, destaque para a presença do veterano António Pedro Vasconcelos, que dará uma conferência no Café Oriente no dia 07. Os filmes do seu reportório 'Jaime', 'Os Gatos não têm Vertigens' e 'Os Imortais' serão exibidos em diferentes dias.

Já no campo das exposições, a maior aposta foi na artista Ana Aragão. A arquiteta e designer portuense é a convidada especial para exibir obras de grande dimensão em desenho e tapeçaria.

A exposição arranca no dia 14 de junho, mas prolonga-se cerca de dois meses.

A grande novidade do ano é a joalharia portuguesa, com "mostras inéditas" e demonstrações de filigrana promovidas pela Associação de Ourivesaria e Relojoaria de Portugal e a Câmara Municipal de Gondomar.

O objetivo é levar "esta tradição" a outros recantos asiáticos.

Junho também é mês de futebol e o cônsul aproveitou para lembrar que todos os jogos de Portugal no mundial da Rússia serão transmitidos em direto no Instituto Português do Oriente.

Teatro, gastronomia e atividades lúdicas completam o programa, que este ano «não se limita a permanecer nos espaços e leva o conceito lá para fora», com atividades nas escolas da região, por exemplo.

No total, são 25 eventos em 10 espaços culturais e institucionais da cidade, onde mais de 35 artistas irão celebrar Portugal.

No dia 10 de Junho, e à semelhança de anos anteriores, a residência consular vai abrir portas a toda a comunidade.

«É esta a diversidade cultural que Macau quer e precisa», enfatizou o cônsul, acrescentando que o Secretário para os Assuntos Sociais e Cultura do Governo de Macau, Alexis Tam, mostrou hoje empenho e vontade em continuar a apoiar estes serviços.

São eventos como este que «asseguram Macau como plataforma para os países de língua portuguesa, mas também da Ásia-Pacífico, elevando o nome de Portugal e da comunidade portuguesa a outro patamar», concluiu.

"Junho, mês de Portugal" é organizado conjuntamente pelo Consulado Geral português em Macau e Hong Kong, Casa de Portugal em Macau, IPOR, Fundação Oriente, Clube Militar e albergue SCM. O programa é ainda patrocinado pelo BNU Macau e Sociedade de Jogos de Macau.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
A Santa Casa da Misericórdia de Paris
Daniel Bastos
Historiador
Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades
José Cesário
Deputado
Ser português fora é ter Portugal dentro
Isabelle Coelho-Marques
Presidente da NYPALC
DISCURSO DIRETO
Portugal Maior
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
«Português é uma língua com valor universal»
Luís Faro Ramos, presidente do Instituto Camões
PORTUGAL
«A China está pronta para nos acolher»
José Augusto Duarte, Embaixador de Portugal na China
CHINA
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ