ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

São Tomé e Príncipe em 'festa' pela organização dos XI Jogos Desportivos da CPLP
Revista PORT.COM • 27-Jul-2018
São Tomé e Príncipe em 'festa' pela organização dos XI Jogos Desportivos da CPLP



A cidade de São Tomé é o palco dos XI Jogos Desportivos da CPLP. Um feito para São Tomé e Príncipe, que contou com a colaboração portuguesa para finalmente ver cumprido um desejo antigo – ser o país anfitrião dos Jogos Desportivos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.

Depois de Lisboa, onde os primeiros jogos se realizaram, Maputo e Luanda, já por duas vezes cada, Praia, Rio de Janeiro, Mafra, Bissau e Sal, a cidade de São Tomé é o palco dos XI Jogos Desportivos da CPLP. Um feito para São Tomé e Príncipe, que contou com a colaboração portuguesa para, finalmente, ver cumprido um desejo antigo – ser o país anfitrião dos Jogos Desportivos da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa.

O país está em festa, desde sábado e até ao próximo dia 28, dia de encerramento da competição. Na cerimónia de abertura, que contou com a presença do Presidente da República são-tomense, centenas de pessoas ficaram nas imediações do Estádio Nacional 12 de Julho a acompanhar o momento em que, oficialmente, o evento começara. No interior do estádio, a abarrotar de público, assistiu-se, além do desfile das 9 delegações participantes, e dos discursos protocolares, a um espetáculo de música e dança, que juntou cerca de 400 jovens.

Presente na sessão, o Ministro da Educação de Portugal, presidente em exercício da Conferência de Ministros da Juventude e do Deporto da CPLP, arrancou alguns dos aplausos mais calorosos dos presentes, ao evocar a cooperação, as trocas culturais, a união entre os povos e o fomento do associativismo desportivo, como os principais contributos que deixam, de dois em dois anos, os Jogos Desportivos.

O ministro Tiago Brandão Rodrigues, juntamente com o homólogo da Juventude e do Desporto são-tomense, Marcelino Sanches, participou na cerimónia de inauguração da requalificação do Liceu Nacional, uma das infraestruturas que ficará como legado destes Jogos e que resulta da cooperação do Governo de Portugal. Também a remodelação da pista de atletismo do Estádio Nacional, além de um conjunto de questões logísticas, contou com apoio português.

À exceção do taekwondo, cujas provas se realizaram na vila de Trindade, as restantes provas – atletismo, basquetebol 3x3, futebol e voleibol de praia – têm lugar na capital do país.

Além do desporto propriamente dito, destaque para o hino dos XI Jogos Desportivos da CPLP em São Tomé e Príncipe, que não deixou ninguém indiferente e colocou, todas as missões, sem exceção, a dar um pezinho de dança, de cada vez que tocava.

Veja o vídeo em: https://www.youtube.com/watch?v=r6QNiCQpYRc

 

Conferência de Ministros da Juventude e do Desporto

No dia anterior à cerimónia oficial de abertura dos XI Desportivos da CPLP, os ministros da Juventude e do Desporto reuniram-se na capital, São Tomé. A 11ª edição, que contou com membros do Governo da quase totalidade dos países (Portugal, São Tomé e Príncipe, Brasil e Cabo Verde estiveram mesmo representados pelos respetivos ministros), presidida por Portugal durante dois anos, marcou também simbolicamente a passagem de testemunho do ministro português ao ministro são-tomense. São Tomé e Príncipe – formalmente a partir do final dos XI Jogos – passa a presidir à Conferência de Ministros da Juventude e do Desporto da CPLP.

A Conferência instituiu como atividades-âncora os Jogos Desportivos da CPLP e a Bienal de Jovens Criadores da CPLP – que no ano passado se realizou em Vila Nova de Cerveira, coincidindo com a afamada “Bienal de Cerveira” – a realizar a cada ano intercaladamente. Além destas atividades, são instituídos Planos de Ação setoriais para dois anos, que procuram ir ao encontro das prioridades identificadas para o período em questão.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
A CPLP mais perto das pessoas
Francisco Ribeiro Telles
Secretário Executivo da CPLP
Gestão multicultural das equipas
António Cunha Meneses Abrantes
Professor Auxiliar na ICN Business School de Nancy
Já se ouve o Fado na Eslovénia
João Pita Costa
Editor da revista luso-eslovena Sardinha
DISCURSO DIRETO
Memórias e recordações da emigração portuguesa na Alemanha
Daniel Bastos
PORTUGAL
«Existe muita exploração laboral perpetrada por portugueses»
Luísa Semedo
FRANÇA
«Mercado chinês tem potencial para as empresas portuguesas»
José Augusto Duarte
CHINA
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ