ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Jovens portugueses despedem-se de Macau com expetativas superadas
Revista PORT.COM • 14-Ago-2018
Jovens portugueses despedem-se de Macau com expetativas superadas



Mais de 20 jovens portugueses terminam, este mês, o estágio em empresas de Macau depois de meio ano de experiências que superaram as expetativas, muito graças à ajuda dos 'ex-INOV'.

Qualidade de vida, a experiência profissional e a grande receção da comunidade portuguesa em Macau são algumas das razões apontadas pelos jovens do programa INOV Contacto para considerarem que as suas expetativas foram superadas.

«As minhas expetativas eram altas quanto à experiência em Macau e foram superadas», disse à agência Lusa Gonçalo Gomes, um dos 21 estagiários que chegaram a Macau em fevereiro e que integram a 22.ª edição, nesta região asiática, do programa INOV Contacto, gerido pela Agência para o Investimento e Comércio Externo de Portugal (AICEP), entidade responsável pela internacionalização da economia portuguesa.

«Eu acho que o INOV é um programa interessante que junta pessoas que querem sair do país a empresas que querem receber portugueses», explicou o engenheiro civil de 28 anos.

Diana Roque, jurista com a mesma idade, decidiu embarcar neste projeto porque sempre quis ter experiência profissional internacional, fora da sua zona de conforto.

«Em termos profissionais foi muito diferente, tive a oportunidade de trabalhar com clientes muito diferentes daqueles que são os clientes típicos num escritório de advogados português», contou.

Apesar da experiência profissional ter sido um sucesso, a vida em Macau ficou marcada, tanto para Gonçalo como para Diana, pela forma como foram recebidos pela comunidade portuguesa em Macau, muitos deles que já tinham participado em edições anteriores deste programa e que decidiriam ficar a trabalhar no território.

«Há um elo que se cria entre edições de INOV», afirmou Diana, acrescentado ter sido uma ótima surpresa a receção feita pelas pessoas que já tinham passado pela mesma experiência.

«Todos os ex-INOV que cá estão absorvem-nos. Criaram um grupo no Facebook para trocarmos mensagens entre nós, algumas dicas e especialmente para nos dizerem que não tínhamos necessidade de irmos para um hotel porque eles nos davam casa, alguns de nós ficaram duas, três semanas em casa deles».

O apoio aos ‘recém-chegados’ não acaba após os seis meses de estágio. Gonçalo é um bom exemplo disso: «ainda agora, que vou acabar o estágio, e vou ficar aqui mais uns tempos, imensa gente já se disponibilizou para me dar casa», disse, admitindo que ambiciona ficar a trabalhar em Macau devido à qualidade de vida, do trabalho e pela «grande mais valia, tanto a nível profissional como pessoal».

O INOV Contacto é um programa de estágios profissionais internacionais dirigido a jovens com formação superior e entidades que queiram reforçar as suas equipas. Este programa engloba 81 países e os participantes só sabem para que país vão poucos dias antes.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Significado das próximas eleições para a Assembleia da República
Paulo Pisco
Deputado do PS
Incêndios rurais: prevenir é mesmo o melhor remédio
Miguel Freitas
Sec. de Estado das Florestas
Por um regresso seguro a casa
José Artur Neves
Sec. de Estado da Proteção Civil
DISCURSO DIRETO
A emigração portuguesa para a Holanda
Daniel Bastos, Historiador
PORTUGAL
Defesa de nova visão sobre as comunidades portuguesas
José Luís Carneiro
PORTUGAL
Um eterno e constante devir....
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ