ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Timor-Leste pede a Portugal juízes e procuradores para ajudarem a «consolidar desenvolvimento da Justiça»
Revista PORT.COM • 07-Dez-2018
Timor-Leste pede a Portugal juízes e procuradores para ajudarem a «consolidar desenvolvimento da Justiça»



O Governo de Timor-Leste reuniu com o Português com o objetivo de obter apoios para reforçar o sistema de justiça timorense, afetado pelos longos anos de ocupação indonésia.

O Governo de Timor-Leste pediu a Portugal apoios para a justiça, incluindo juízes, procuradores, defensores públicos, advogados e oficiais de justiça portugueses, disse o ministro da Justiça timorense, Manuel Cárceres da Costa, em Lisboa, estendendo o apelo aos países lusófonos.

Sublinhou, no entanto, que esses «juízes e procuradores portugueses não vão ser titulares de processos, vão ser formadores e mentores para formar quadros timorenses» em português.

Manuel Cárceres da Costa, disse, em declarações à Lusa, após uma reunião com a secretária executiva da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), Maria do Carmo Silveira, que nesta primeira visita de trabalho como governante do recente executivo timorense se encontrou com a sua homóloga portuguesa e com a secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação.

Das duas reuniões, disse levar promessas que podem ajudar o seu país a consolidar o desenvolvimento da Justiça no seu país: «O objetivo desta visita a Portugal, que é a minha primeira visita de trabalho como ministro da Justiça da República de Timor Leste, é procurar apoios para consolidar o desenvolvimento da justiça do país».

«Tendo em conta que Timor Leste é um estado-membro da CPLP, é uma honra visitar a sede a CPLP e ter um encontro com a secretária executiva da organização, trocarmos algumas ideias e solicitar o apoio da comunidade da Lusofonia para a consolidação do desenvolvimento do setor da Justiça de Timor-Leste. Este foi o primeiro objetivo do meu encontro com a senhora secretária executiva», adiantou.

Manuel Cáceres da Costa explicou que, com 24 anos de ocupação estrangeira, Timor quase perdeu a ligação à língua portuguesa.

«Assim, o reforço dos ensinamentos em língua portuguesa é crucial para o desenvolvimento do setor», disse. Para tal, «o apoio dos países da lusofonia é muito importante», acrescentou.

De Portugal parte «convicto que os países da lusofonia não vão deixar Timor-Leste sozinho e vão apoiar o desenvolvimento nesta área», com o reforço do apoio à língua portuguesa.

Durante a sua estadia em Lisboa, Manuel Cáceres da Costa também visitou o Centro de Formação Judiciária de Portugal, solicitando o mesmo apoio e a deslocação de juristas portugueses para ajudar ao que chamou «o desenvolvimento da intelectualidade timorense em língua portuguesa».

Com a secretária de Estado dos Negócios Estrangeiros e da Cooperação, Timor-Leste comprometeu-se a preparar uma proposta para que, «dentro em breve, sejam possíveis programas de cooperação entre Timor-Leste e Portugal» nesta área.

Quanto aos quadros portugueses na área da Justiça não quis avançar quantos poderiam ser, nem por quanto tempo seria esse apoio.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Mensagem de Natal para os leitores da revista PORT.COM
Marcelo Rebelo de Sousa
Presidente da República
Manaus, seiva d'ouro
Jack Soifer
Consultor Internacional
Oportunidade de encontro com o país e com uma região
José Luís Carneiro
Secretário de Estado das Comunidades Portuguesas
DISCURSO DIRETO
Quo Vadis?
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
«Tinha o sonho de ter um hotel em NY e consegui concretizá-lo»
Alfredo Pedro, empresário
PORTUGAL
«A CPLP oferece um extraordinário e estratégico instrumento»
Secretária Executiva da CPLP
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ