ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Cabo Verde faz uso do crescimento económico para chamar investimento português
Revista PORT.COM • 11-Abr-2019
Cabo Verde faz uso do crescimento económico para chamar investimento português



O ministro dos Negócios Estrangeiros cabo-verdiano considera que o crescimento económico que Cabo Verde apresenta é apelativo para os empresários portugueses, que convidou para continuarem a apostar no arquipélago.

Em entrevista à agência Lusa, a propósito da quinta cimeira Portugal - Cabo Verde, que arranca sexta-feira em Lisboa, o ministro Luís Filipe Tavares enfatizou que «Cabo Verde tem futuro».

«África é a noiva do mundo e Cabo Verde tem um papel muito importante para atrair mais e melhor investimento direto estrangeiro para África e, sobretudo, para o nosso país», disse o chefe de Diplomacia cabo-verdiana.

O ministro sublinhou o «potencial de crescimento económico» do país como apelativo para as empresas portuguesas.

«Ambicionamos crescer 7%. Vamos conseguir crescer 7%. Estamos a crescer 5,5%. São sinais muito positivos que a nossa economia tem dado» disse.

E lançou o convite: «Convido as empresas e os empresários portugueses e cabo-verdianos a trabalharem para concretizarem os seus negócios em Cabo Verde e em Portugal. Cabo Verde é um país aberto ao mundo, estamos a trabalhar com os países da União Europeia para promovermos o investimento europeu em Cabo Verde».

O ministro enalteceu ainda as relações entre Portugal e Cabo Verde, que disse serem «muito fruídas, muito fáceis».

«Temos razões de sobra para considerarmos que 2019 vai ser um ano bom para a cooperação entre Portugal e Cabo Verde», adiantou, revelando que o executivo cabo-verdiano vai levar à cimeira de Lisboa «novas ideias para a cooperação».

«Ideias no âmbito do reforço institucional, no âmbito das relações que têm a ver com a cultura, a mobilidade, o ambiente de negócios, com os nossos estudantes, os nossos emigrantes, a nossa comunidade residente em Portugal», disse.

Luís Filipe Tavares reconheceu ainda que nos «últimos dois anos» registaram-se «avanços consideráveis na facilitação da integração da comunidade cabo-verdiana na sociedade portuguesa, o que é de louvar».


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
O acervo bibliográfico sobre a emigração portuguesa
Daniel Bastos
Historiador
Defender a União Europeia e os direitos de cidadania
Paulo Pisco
Deputado do PS
Saibamos aumentar a participação cívica das nossas comunidades
José Cesário
Deputado do PSD
DISCURSO DIRETO
Dia de Portugal e 5.º aniversário da Revista PORT.COM
Marcelo Rebelo de Sousa
PORTUGAL
Língua portuguesa, um passaporte para o presente e para o futuro
Luís Faro Ramos, pres. do Camões I.P.
PORTUGAL
Função de grande responsabilidade e relevância social
José Luís Carneiro, SEC
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ