ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Cabo Verde prepara acordo de cooperação com estado da Alemanha
Revista PORT.COM • 08-Mai-2019
Cabo Verde prepara acordo de cooperação com estado da Alemanha



Cabo Verde e o estado federado alemão de Schleswig-Holstein (norte) vão cooperar em áreas como o turismo e a energia, disse o Presidente cabo-verdiano, numa visita à Alemanha.

Um memorando de entendimento, que pretende estreitar a colaboração em setores como o das energias renováveis ou da investigação oceanográfica, foi o resultado de um encontro que o chefe de Estado cabo-verdiano manteve, na cidade de Kiel, com o ministro presidente do Estado de Schleswig-Holstein, Daniel Günther.

«Estou satisfeito por termos chegado a um acordo com o governo do estado de Schleswig-Holstein de um memorando de entendimento para uma cooperação que implica o estado, empresas, universidades, para diversas áreas: turismo, energias renováveis, produção de água, formação de quadros, investigação oceanográfica, pescas, economia azul, tudo o que tenha a ver sobretudo com o mar e a economia do mar», revelou Jorge Carlos Fonseca, em declarações à agência Lusa.

«Agora temos de trabalhar para ver que tipo de modelos de cooperação é que vamos encontrar para articular os estados, na Alemanha, as instituições universitárias, de investigação e o empresariado alemão privado», acrescentou.

A última visita de um chefe de Estado de Cabo Verde à Alemanha foi precisamente há dez anos. Jorge Carlos Fonseca explicou que as relações entre os dois países começaram «desde a independência», intensificando-se no final da década de 1970.

«A cooperação com a Alemanha ajudou-nos a passar de País Menos Avançado a País de Rendimento Médio, mas com essa progressão perdeu-se o acesso a fundos de apoio», explicou.

O Presidente da República frisou que a visita de quatro dias teve como objetivo «elevar o diálogo político», tentando aproveitar «as oportunidades de cooperação com a Alemanha, no quadro de uma nova agenda alemã para a África, procurando investimento direto».

«Neste momento, a Alemanha representa o segundo mercado turístico para Cabo Verde, depois do Reino Unido. Queremos intensificar a presença de turistas alemães e de empresas ligadas ao turismo alemão em Cabo Verde», acrescentou Jorge Carlos Fonseca.

De acordo com dados da embaixada da República de Cabo Verde em Berlim, a comunidade é formada por 1.100 a 1.200 pessoas registadas. A maioria vive nas cidades de Hamburgo, Bremen, Bremerhaven e Kiel.

Jorge Carlos Fonseca elogiou os cabo-verdianos no estrangeiro, revelando que são as comunidades no exterior que, simbolicamente, «fazem engrandecer a alma» do povo.

«Somos um povo pequeno, espalhado pelos quatro cantos do mundo, os nossos emigrantes ajudam a divulgar o país», acrescentou.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Portugal hoje, um país que incentiva ao regresso
Paulo Pisco
Deputado do PS eleito pelos portugueses na Europa
De olhos postos em África com uma estratégia de futuro
Peter Dawson
Presidente do grupo Garland
Não há tempo para se perder tempo!
Vítor Ramalho
Secretário-Geral da UCCLA
DISCURSO DIRETO
O português que ajudou a 'erguer' as memórias do World Trade Center
Luís Mendes, arquiteto
ESTADOS UNIDOS DA AMÉRICA
«Mobilidade no espaço da lusofonia é um dos maiores desafios»
Teresa Ribeiro, SENEC
PORTUGAL
The last man on the moon
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ