ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Cabo Verde prepara acordo de cooperação com estado da Alemanha
Revista PORT.COM • 08-Mai-2019
Cabo Verde prepara acordo de cooperação com estado da Alemanha



Cabo Verde e o estado federado alemão de Schleswig-Holstein (norte) vão cooperar em áreas como o turismo e a energia, disse o Presidente cabo-verdiano, numa visita à Alemanha.

Um memorando de entendimento, que pretende estreitar a colaboração em setores como o das energias renováveis ou da investigação oceanográfica, foi o resultado de um encontro que o chefe de Estado cabo-verdiano manteve, na cidade de Kiel, com o ministro presidente do Estado de Schleswig-Holstein, Daniel Günther.

«Estou satisfeito por termos chegado a um acordo com o governo do estado de Schleswig-Holstein de um memorando de entendimento para uma cooperação que implica o estado, empresas, universidades, para diversas áreas: turismo, energias renováveis, produção de água, formação de quadros, investigação oceanográfica, pescas, economia azul, tudo o que tenha a ver sobretudo com o mar e a economia do mar», revelou Jorge Carlos Fonseca, em declarações à agência Lusa.

«Agora temos de trabalhar para ver que tipo de modelos de cooperação é que vamos encontrar para articular os estados, na Alemanha, as instituições universitárias, de investigação e o empresariado alemão privado», acrescentou.

A última visita de um chefe de Estado de Cabo Verde à Alemanha foi precisamente há dez anos. Jorge Carlos Fonseca explicou que as relações entre os dois países começaram «desde a independência», intensificando-se no final da década de 1970.

«A cooperação com a Alemanha ajudou-nos a passar de País Menos Avançado a País de Rendimento Médio, mas com essa progressão perdeu-se o acesso a fundos de apoio», explicou.

O Presidente da República frisou que a visita de quatro dias teve como objetivo «elevar o diálogo político», tentando aproveitar «as oportunidades de cooperação com a Alemanha, no quadro de uma nova agenda alemã para a África, procurando investimento direto».

«Neste momento, a Alemanha representa o segundo mercado turístico para Cabo Verde, depois do Reino Unido. Queremos intensificar a presença de turistas alemães e de empresas ligadas ao turismo alemão em Cabo Verde», acrescentou Jorge Carlos Fonseca.

De acordo com dados da embaixada da República de Cabo Verde em Berlim, a comunidade é formada por 1.100 a 1.200 pessoas registadas. A maioria vive nas cidades de Hamburgo, Bremen, Bremerhaven e Kiel.

Jorge Carlos Fonseca elogiou os cabo-verdianos no estrangeiro, revelando que são as comunidades no exterior que, simbolicamente, «fazem engrandecer a alma» do povo.

«Somos um povo pequeno, espalhado pelos quatro cantos do mundo, os nossos emigrantes ajudam a divulgar o país», acrescentou.


Etiquetas
Partilhar

OPINIÃO
Significado das próximas eleições para a Assembleia da República
Paulo Pisco
Deputado do PS
Incêndios rurais: prevenir é mesmo o melhor remédio
Miguel Freitas
Sec. de Estado das Florestas
Por um regresso seguro a casa
José Artur Neves
Sec. de Estado da Proteção Civil
DISCURSO DIRETO
A emigração portuguesa para a Holanda
Daniel Bastos, Historiador
PORTUGAL
Defesa de nova visão sobre as comunidades portuguesas
José Luís Carneiro
PORTUGAL
Um eterno e constante devir....
José Caria, diretor-adjunto da PORT.COM
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ