ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Portugal marca presença na 23ª edição da Feira Internacional de Cabo Verde
Revista PORT.COM • 13-Nov-2019
Portugal marca presença na 23ª edição da Feira Internacional de Cabo Verde



A 23ª edição da Feira Internacional de Cabo Verde (FIC) é hoje inaugurada na cidade de Mindelo, ilha de São Vicente, pelo primeiro-ministro Ulisses Correia e Silva. O certame decorre ao longo de quatro dias, sob o lema «Cabo Verde, uma economia de circulação no Atlântico Médio».

O presidente do conselho de administração da FIC, Gil Costa, disse que a presente edição do certame tem lugar num ano em que o continente africano assume o “desafio de robustecer” o comércio internacional, através da criação da Zona de Livre Comércio Africano, segundo a agência noticiosa Inforpress.

Cabo Verde, continuou a mesma fonte, na qualidade de país membro de pleno direito da organização, e “estrategicamente localizado” no cruzamento das rotas dos continentes africano, europeu e americano, deseja assumir o “desígnio de fomentar ainda mais” este mercado, através da promoção de produtos, serviços e oportunidades de negócio, com incentivos ao investimento.

Assim, Gil Costa considera que a 23ª edição da FIC terá o condão de reunir os principais parceiros, empreendedores, exportadores, importadores, revendedores, distribuidores e prestadores de serviço, de e para este mercado e seus parceiros, com o propósito de promover negócios, possibilitar a transferência de conhecimentos e parcerias empresariais.

Os visitantes profissionais são oriundos, desta vez, de mais de dez países da Europa, da América do Sul, de África e da Ásia, sendo a maioria dos expositores empresas de direito cabo-verdiano (69%), seguidas de Portugal (29%) e Brasil (2%). 

Empresas Portuguesas em Cabo Verde

No sentido de facilitar o contacto de empresas portuguesas com o mercado cabo-verdiano, a Fundação AIP organiza anualmente o Pavilhão de Portugal na FIC – Feira Internacional de Cabo Verde. Esta feira multissectorial "representa uma possibilidade única para as empresas portuguesas que queiram iniciar os seus negócios em Cabo Verde, podendo contactar com players do mercado e estabelecer novas redes de contactos, sobretudo para as empresas que não conhecem o mercado deste país africano", refere a fundação.

"Cabo Verde é um país onde o investimento estrangeiro é favorável e seguro e as relações económicas e comerciais com Portugal são de extrema importância, sendo Portugal o principal cliente e fornecedor de Cabo Verde. A sua localização geográfica privilegiada possibilita a entrada noutros mercados, nomeadamente da CEDEAO – Comunidade Económica dos Estados da África Ocidental, que engloba quinze países da África Ocidental".

"Um dos objectivos do Pavilhão de Portugal na FIC é possibilitar ao empresário português a visão do que é que Cabo Verde precisa e perceber o que acrescenta valor ao povo cabo-verdiano", acrescenta a AIP.

No âmbito da FIC, é realizada uma iniciativa chamada Stopover: a promoção de encontros B2B nas instalações de potenciais parceiros cabo-verdianos, realizada, este ano, nos dias 11 e 12 na ilha de Santiago, cidade da Praia.


Etiquetas
Partilhar

NOTÍCIAS RELACIONADAS
OPINIÃO
A sua atitude de confiança conta: não só com o vírus...
Susana Cor de Rosa
Consultora empresarial
Os efeitos do medo do coronavírus...
Daniel Bastos
Historiador
Novo Coronavírus provoca epidemia com desfecho imprevisível
Alfredo Martins
Internista e Coordenador do NEDResp
DISCURSO DIRETO
A Fundação ISS e o apoio na África Lusófona
Eulalia Devesa, Diretora da Fundação ISS Mais Um Sorriso
PORTUGAL
«Cada vez faz menos sentido falar de emigração»
José Cesário, Deputado do PSD
PORTUGAL
O Projeto de Mobilidade na CPLP
Augusto Santos Silva, Ministro dos Negócios estrangeiros
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ