ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Marcelo considera diversidade «fundamental» para a língua portuguesa
Revista PORT.COM • 15-Jan-2020
Marcelo considera diversidade «fundamental» para a língua portuguesa



O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, elogiou o contributo dos vários países falantes da língua portuguesa no enriquecimento deste idioma e no reforço da sua dimensão universal.

Marcelo Rebelo de Sousa congratulou-se com a vitalidade da língua portuguesa, quando falava após inaugurar a exposição “Português de Moçambique no Caleidoscópio” no Centro Cultural Português em Maputo, em visita a Moçambique.

O ponto alto da exposição foi a condecoração da pesquisadora moçambicana Perpétua Gonçalves com a Ordem do Infante D. Henrique.

«Nós, os mais jovens, nós os menos novos, que lidamos com os mais novos, usamos já muitas palavras que não têm origem no português de Portugal, mas que têm origem no português falado em Moçambique ou em Angola ou no Brasil ou em Cabo Verde ou noutros dos vários espaços que falam português», declarou o chefe de Estado.

A força da língua portuguesa, prosseguiu, «está na sua diversidade e na capacidade de mudança e adaptação ao longo do tempo e no espaço».

O português «une comunidades tão diversas e disseminadas pelo mundo, em todos os continentes, atravessando todos os oceanos, constituindo uma das realidades linguísticas e culturais mais fortes do universo», frisou Marcelo.

O Presidente da República assinalou que «a pujança da língua portuguesa a projetou como língua universal e reconhecida pelas Nações Unidas e por outras organizações internacionais».

Sobre a condecoração com a Ordem do Infante D. Henrique a Perpétua Gonçalves, Marcelo Rebelo de Sousa elogiou o empenho da investigadora na compreensão e disseminação da influência das línguas nativas moçambicanas na língua portuguesa, assinalando a riqueza e qualidade desse trabalho.

«É uma mestra, não no sentido de professora, mas de alguém que estudou e estuda, investiga e investigou e depois quer transmitir, não é egoística, quer partilhar», salientou.

O chefe de Estado está em visita a Moçambique, que termina no sábado, durante a qual participará, esta quarta-feira (15 de janeiro), na posse de Filipe Nyusi, reeleito para um segundo mandato presidencial nas eleições gerais de outubro passado. Marcelo tem também prevista para quinta-feira, dia 16, uma deslocação à cidade da Beira, atingida no ano passado pelo ciclone Idai.


Etiquetas
Partilhar

NOTÍCIAS RELACIONADAS
OPINIÃO
A sua atitude de confiança conta: não só com o vírus...
Susana Cor de Rosa
Consultora empresarial
Os efeitos do medo do coronavírus...
Daniel Bastos
Historiador
Novo Coronavírus provoca epidemia com desfecho imprevisível
Alfredo Martins
Internista e Coordenador do NEDResp
DISCURSO DIRETO
A Fundação ISS e o apoio na África Lusófona
Eulalia Devesa, Diretora da Fundação ISS Mais Um Sorriso
PORTUGAL
«Cada vez faz menos sentido falar de emigração»
José Cesário, Deputado do PSD
PORTUGAL
O Projeto de Mobilidade na CPLP
Augusto Santos Silva, Ministro dos Negócios estrangeiros
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ