ÚLTIMAS
NOTÍCIAS

Governo de Macau recebe 2500 pedidos de apoio por PMEs afetadas pelo COVID-19
Revista PORT.COM • 05-Mar-2020
Governo de Macau recebe 2500 pedidos de apoio por PMEs afetadas pelo COVID-19



A Direção dos Serviços de Economia (DSE) de Macau recebeu 2500 candidaturas e 7000 consultas relacionadas com as diversas medidas de apoio às pequenas e médias empresas (PME) afetadas pelo surto de coronavírus entre 1 de fevereiro e 2 de março, segundo informação oficial.

A DSE salienta em comunicado divulgado segunda-feira ter reforçado a equipa de análise às candidaturas recebidas e sido utilizados vários canais eletrónicos para facilitar a apresentação de candidaturas e consultas por parte dos cidadãos.

A DSE já retomou o seu funcionamento normal, à semelhança dos restantes serviços públicos de Macau, mas apela aos empresários que pretendam candidatar-se a planos e medidas de apoio às PME para, tanto quanto possível, apresentarem a candidatura e procederem a consulta através da internet.

Através do «Plano de Apoio a Pequenas e Médias Empresas» é concedido, a cada PME qualificada, um empréstimo de apoio sem juros, até ao montante de 600 mil patacas, com um prazo máximo de reembolso de 8 anos, tendo das 1328 candidaturas apresentadas sido já apreciadas 446 e aprovadas 344.

O «Plano de Garantia de Créditos a Pequenas e Médias Empresas» concede uma garantia de 70% de crédito bancário, tendo em vista apoiar as PME locais na obtenção de financiamento bancário, sendo o montante máximo do crédito bancário solicitado de sete milhões de patacas e o montante máximo da garantia de créditos 4,9 milhões de patacas.

A DSE informou que para este plano de apoio foram recebidos 14 pedidos, um dos quais foi aprovado.

A maior parte das candidaturas visou a “Medida de Ajustamento de Reembolso”, ao abrigo da qual as empresas beneficiárias dos três planos de apoio da DSE – jovens empreendedores, PME e PME afetadas pelo tufão Hato – podem reduzir para 1000 patacas o montante da prestação imediatamente seguinte.

Esta medida recebeu 1151 propostas, tendo sido aprovadas 1081, segundo a Direção dos Serviços de Economia.

Muitas PME de Macau, com destaque para as que operam na restauração e no comércio a retalho, foram muito afetadas com a grande diminuição no número de visitantes, particularmente da China continental, em resultado do surto de COVID-19, cujo epicentro se situou na cidade de Wuhan, província de Hubei.


Etiquetas
Partilhar

NOTÍCIAS RELACIONADAS
OPINIÃO
A sua atitude de confiança conta: não só com o vírus...
Susana Cor de Rosa
Consultora empresarial
Os efeitos do medo do coronavírus...
Daniel Bastos
Historiador
Novo Coronavírus provoca epidemia com desfecho imprevisível
Alfredo Martins
Internista e Coordenador do NEDResp
DISCURSO DIRETO
A Fundação ISS e o apoio na África Lusófona
Eulalia Devesa, Diretora da Fundação ISS Mais Um Sorriso
PORTUGAL
«Cada vez faz menos sentido falar de emigração»
José Cesário, Deputado do PSD
PORTUGAL
O Projeto de Mobilidade na CPLP
Augusto Santos Silva, Ministro dos Negócios estrangeiros
PORTUGAL
REDES SOCIAIS
GALERIA DE FOTOS
QUIZ